Minas bate Praia Clube em clássico mineiro e alcança quinta vitória na Superliga Feminina de Vôlei
Foto: Orlando Bento/Divulgação Minas

O Minas recebeu o vice-líder Praia Clube na noite desta terça-feira (13), pela nona rodada da Superliga Feminina de Vôlei, e venceu o clássico mineiro de virada por 3 sets a 1. Com parciais de 18/25, 25/17, 25/22 e 25/21, as minastenistas somaram três pontos sob os olhares da ponteira Jaqueline, reforço do time, que está de volta à equipe e foi apresentada.

A vitória não altera a classificação do Minas, que segue na sexta posição, agora com 13 pontos. No caso do Praia Clube, a derrota custou a vice-liderança, já que o Osasco estava a um ponto e venceu o líder Rio de Janeiro por 3 sets a 2. Com isso, o time de Uberlândia caiu para terceiro lugar, invertendo a situação em que estava, já que, com o resultado, são as mineiras quem ficam a um ponto da segunda posição.

Para tentar encostar no Bauru, quinto colocado, que também venceu e manteve a vantagem de sete pontos, o Minas vai encarar o líder Rio de Janeiro na próxima rodada, sexta-feira (16), às 20h. No dia seguinte, sábado, o Praia Clube visita o Fluminense, às 14h10.

Praia Clube ameaça, mas Minas é embalado pela torcida e vence quinto jogo na Superliga 

O cenário do início do jogo era mais favorável às visitantes, que abriram 5 a 2 no placar.  As meninas de Uberlândia souberam se beneficiar dos erros das adversárias,  mantendo boa vantagem. Sólido no ataque e no bloqueio, o Praia viu as donas da casa falharem na recepção e fecharam o set em 25 a 18, com tranquilidade.

Em seus domínios, o Minas começou mal na segunda etapa, em que o Praia abriu 3 a 0, mas logo se estruturou em quadra para empatar em 7 a 7. Certeiro e letal, com destaque para Pri Daroit e Hooker, que fez sua estreia diante da torcida já que tinha jogado contra o Fluminense fora de casa, o time de Belo Horizonte virou o set e chegou a fazer 13 a 9. A partir disso, com uma bela arrancada, o Minas marcou 25 a 17 e igualou a partida em 1 a 1.

O set que desempatou o jogo foi bastante equilibrado. Com pequena margem, o Praia seguiu encabeçando o placar durante quase toda a etapa, até que o apoio da torcida minastenista fez a diferença. No embalo de seus torcedores, o Minas chegou ao empate em 19 a 19 na reta final do set e acabou mantendo um bom ritmo para fechar em 25 a 22, fazendo 2 sets a 1.

Com a chance de tentar uma sobrevida no tie-break, o Praia Clube até buscou manter um equilíbrio no quarto set, mas o Minas entrou embalado pela virada. Com a ponteira Jaqueline de volta ao clube (jogou na temporada 2014/2015), assistindo em um camarote da Arena do Minas, as mandantes administraram a diferença conquistada ao longo da etapa e fecharam o set em 25 a 21, além do jogo em 3 sets a 1.

São Cristóvão derrota Sesi no duelo de times de pior campanha

Um pouco antes do duelo mineiro começar, às 19h, entraram em quadra Sesi e São Cristóvão, em um jogo de duas das equipes com piores campanhas até então na Superliga. Ambas fora da zona de acesso aos playoffs da competição, tinham ainda somado apenas três pontos até então.

Com 22/25, 14/25, 25/21, 25/21 e 12/15, o São Cristóvão venceu a partida por 3 sets a 2 e ultrapassou o Sesi, subindo para a décima posição e deixando as adversárias em 11º. Na próxima rodada, o São Cristóvão enfrenta o Rio do Sul em casa, às 19h30 da sexta-feira (16). Em mesmos dia e horário, o Sesi visita o Pinheiros.

VAVEL Logo