Sada Cruzeiro derrota Personal Bolívar e garante vaga na decisão do Sul-americano de vôlei
Foto: Andréia Santos/Sada Cruzeiro

Na noite dessa sexta-feira (2), o Sada Cruzeiro enfrentou o Personal Bolívar, da Argentina, pela semifinal do Sul-Americano. Muitos esperavam que esse duelo aconteceria apenas na fase final, mas o atual campeão argentino sofreu com alguns desfalques no último jogo da fase de classificação e acabou caindo no caminho do time celeste.
Confirmando o favoritismo e contando com desfalques importantes do outro lado, o Cruzeiro derrotou o time argentino por 3 sets a 0, com parcias de 25/19, 33/31 e 25/16.

Mesmo após perder o ponta Garcia e o levantador belga Frank Depestele, o Bolívar não se entregou e estava disposto a dar trabalho e tentar surpreender o Cruzeiro, que, por sua vez, tratou de partir para cima desde o início do jogo. O jogo foi equilibrado, com vantagens pequenas durantes os sets. Apenas no terceiro set a equipe argentina diminuiu o ritmo.

O Bolívar conseguiu dar trabalho à recepção brasileira, com boas passagens do búlgaro Penchev pelo serviço, gerando alguns momentos de sucesso da equipe no set. O Cruzeiro conseguia responder com Leal, que foi a grande arma ofensiva do time e com um forte bloqueio que crescia a cada ataque argentino.

Aproveitando as oportunidades criadas e sem cometer muitos erros, o Cruzeiro manteve boa postura durante o jogo e com isso conseguiu a classificação para a decisão do Sul-americano. O ponteiro Leal foi o maior pontuador da semifinal pelo Sada Cruzeiro, com 16 pontos. Pelo lado argentino, o brasileiro Theo foi o destaque, com 17 pontos.

O Bolívar sai de cabeça erguida. Após sofrer com desfalques, a equipe ainda garantiu a terceira colocação do torneio e volta com moral para decidir os playoffs do campeonato nacional. A final entre Cruzeiro e Lomas Voley ocorrerá neste sábado, às 21h30.

VAVEL Logo