Agora é que são Elas: veja quem pode desequilibrar nos playoffs da Superliga
Foto: João Pires/Fotojump/Vôlei Nestlé

Agora é que são Elas: veja quem pode desequilibrar nos playoffs da Superliga

Com início nesta sexta (9), fase mata-mata reunirá grandes atletas em quadra

vavel
VAVEL

Prepare-se para fortes emoções! Nesta sexta-feira (9) começam os playoffs da Superliga Feminina 2017/18, momento mais aguardado da temporada. As oito equipes de melhor campanha na primeira fase entram em quadra para a disputa do principal título do voleibol nacional. Os duelos prometem aflorar os sentimentos dos torcedores apaixonados por vôlei. 

A VAVEL BRASIL preparou uma seleção, onde elenca as atletas que podem desequilibrar nesses confrontos. Todas elas foram muito importantes para suas respectivas equipes durante a primeira fase. Confira os destaques. 

Fê Garay - Praia Clube 

Uma das grandes contratações do Praia Clube para esta temporada, a ponteira Fernanda Garay, que por anos defendeu a camisa da Seleção Brasileira, retornou ao país após quatro anos. No exterior, passou pelo vôlei russo, pelo turco e pelo chinês, voltando ao Brasil para defender o Praia. Na primeira fase, foi um dos grandes nomes do time de Uberlândia com muita qualidade e experiência em quadra.

(Foto: Divulgação/ Praia Clube)
(Foto: Divulgação/ Praia Clube)


Monique Pavão - Rio de Janeiro 

Encerrando mais uma temporada como um dos principais destaques da equipe do Rio de Janeiro, a experiente Monique Pavão ganhou a confiança do técnico Bernardinho através de sua regularidade e forma de jogar voleibol. 

Identificada com o clube carioca, a oposta de 31 anos e 1,78m  está em sua segunda passagem pela equipe e vive seu melhor momento da carreira nos últimos anos. Quarta melhor sacadora na temporada atual do principal torneio de clubes do país e com o nome garantido na seleção da competição, Monique tem a chance de carimbar mais um título na carreira e se tornar peça decisiva na equipe do Rio.

Carol Gattaz - Camponesa/Minas 

Há quatro temporadas no Minas, a central de 1,92 tem comandado a equipe dentro de quadra. Ela é uma das armas do Minas, com eficiência de 56% de aproveitamento no ataque. Gattaz tem sido a bola de segurança do time. Além disso, a capitã mineira também vem se destacando no bloqueio, facilitando o trabalho da defesa. 

Tandara - Osasco 

Destaque absoluto do Osasco, Tandara desponta como MVP da competição. Para isso, precisará manter-se em ótima forma, assim como na primeira fase. Ela é a maior pontuadora do campeonato, com 437 acertos em 87 sets. Nesta edição da Superliga, Tandara alcançou dois recordes. No primeiro, bateu sua própria marca ao fazer 37 pontos em uma única partida. Mas logo em seguida, Tiffany, destaque do Bauru, fez 39, tomando o posto da atleta osasquense. Inspirada, Tandara igualou o recorde da jogadora bauruense, e agora ambas dividem a marca alcançada. 

(Foto: João Pires / Fotojump)
(Foto: João Pires / Fotojump)

Edinara Brancher - Hinode Barueri 

(Foto: Gaspar Nóbrega / Inovafoto )
(Foto: Gaspar Nóbrega / Inovafoto )

Em um conjunto que conta com as campeãs olímpicas Jaqueline e Thaísa, além das experientes Érika e Suelle, quem conseguiu se destacar foi a jovem Edinara Brancher. A ponteira catarinense, contratada após brilhar no São Caetano, marcou 293 pontos durante a primeira fase, sendo a quarta maior pontuadora do campeonato.

Bruna Honório - Pinheiros 

Reforço no início da temporada, a oposta Bruna Honório justificou o investimento da equipe paulista. Bruna encerrou a primeira fase da competição como a segunda maior pontuadora, 381 acertos em 83 sets disputados.

Tiffany - Vôlei Bauru

(Foto: Divulgação/ Vôlei Bauru)
(Foto: Divulgação/ Vôlei Bauru)

O grande destaque da temporada do Vôlei Bauru vem sendo a jogadora Tiffany, e não somente pela repercussão que envolvem a primeira transexual a atuar na Superliga. A ponteira/oposta demonstrou o potencial durante o torneio, fazendo grandes realizações, como a quebra do recorde de maior pontuação em uma única partida, com 39 acertos. Tiffany encerrou a primeira fase com 281 pontos conquistados em 51 sets, elevando o patamar de sua equipe. 


Colaboração: Ana Clara Soares, Bruno Vasconcellos, Felipe de Oliveira, Isabelly Morais, Renan Valim e Thaís Alcântara. 

VAVEL Logo

    Vôlei Notícias

    há 11 dias
    há 11 dias
    há 11 dias
    há 14 dias
    há 14 dias
    há 14 dias
    há 15 dias
    há 2 meses
    há 5 meses
    há 5 meses
    há 5 meses