Sesi-SP volta a superar Corinthians e garante vaga nas semifinais da Superliga Masculina
Foto: Hélcio Nagamine/FIESP

Equilíbrio é a palavra que melhor define os duelos entre Sesi-SP e Corinthians-Guarulhos nas quartas de final da Superliga Masculina 2017/18. Depois de um primeiro jogo decidido nos detalhes, os times voltaram a se encontrar nesta quinta-feira (29), desta vez no Ginásio Ponte Grande, em Guarulhos. Com parciais de 30/28, 25/22 e 25/23, o time da Vila Leopoldina conquistou um novo triunfo por 3 sets a 0, e avançou de fase na competição. 

Com o resultado, o Sesi se classifica para enfrentar o Sesc RJ, time com a segunda melhor campanha na fase classificatória, em uma das semifinais. A outra será disputada entre Sada Cruzeiro e o vencedor de Taubaté x Minas. O time do Vale do Paraíba venceu o primeiro confronto por 3 sets a 0. A próxima fase acontecerá em série melhor de cinco, avançando quem conseguir três vitórias primeiro. 

Um dos destaques da partida foi o oposto Alan, do Sesi, que mais uma vez recebeu o Troféu VivaVôlei. O atacante teve 25 acertos, sendo o maior pontuador do duelo, como acontecera na primeira partida. 

“Nessa partida tentei minimizar os erros, além de ser mais constante no saque para ajudar o time. Jogamos bem taticamente. O Corinthians-Guarulhos é um time guerreiro que não desiste nunca. É uma equipe muito boa na defesa e sabíamos que seria uma partida complicada, mas no final deu tudo certo”, disse Alan. 

Já o Corinthians-Guarulhos, por sua vez, encerra a temporada tendo muito a comemorar. Foi apenas o primeiro ano do projeto liderado pelo líbero bicampeão olímpico Serginho. Neste pouco tempo, o time conquistou bons resultados: campeão da Taça Brasil, vice-campeão paulista e chegou às quartas de final da Superliga.

"Jogamos as quartas de final contra uma das equipes favoritas ao título e praticamente todos os sets foram decididos por uma diferença de dois pontos. Fico feliz pelo projeto ter dado certo. O ginásio da Ponte Grande ficou cheio de famílias e crianças durante toda a temporada. Perdemos hoje, mas vamos ganhar no futuro. Em quatro campeonatos fizemos três finais.

Agradeço a todos que torceram e é uma felicidade muito grande jogar com essa camisa e poder fazer um playoff contra meu antigo time. Vou torcer para eles fazerem uma boa semifinal. Fico feliz de estar contribuindo para o voleibol brasileiro com mais uma equipe com uma média de público boa na Superliga", analisou o líbero. 

VAVEL Logo