No tie-break, Sesi-SP derrota Sesc RJ e larga na frente nas semifinais da Superliga Masculina
Foto: Helcio Nagamine/Fiesp

Sesi-SP recebeu o Sesc RJ neste sábado (8), pelo primeiro jogo das semifinais da Superliga Masculina 2017/18, no ginásio Vila Leopoldina, em São Paulo. Os paulistas venceram os cariocas por 3 sets a 2, com parciais de 25/20, 30/32, 22/25, 25/19 e 15/11. O oposto Alan ganhou o troféu Viva Vôlei e foi o maior pontuador da partida, com 28 acertos. 

A segunda partida entre as equipes será na próxima terça-feira (10), às 21h30, na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro.

Paulistas saem na frente

No primeiro set da semifinal entre Sesi-SP e Sesc RJ, os cariocas foram melhores no começo, mas os donos da casa mostraram qualidade para reverter o cenário. Com o ponteiro Douglas Souza, a equipe paulista abriu três pontos: 15/12.

De segunda, Lipe deixou o Sesi-SP pronto para sair na frente na partida: 23/17. Após um longo rally, Alan explorou o bloqueio adversário e fechou a parcial para os paulistas: 25 a 20.

Set disputado até o fim

Na segunda etapa, os donos da casa permaneceram melhores em quadra. Com Lipe no saque, o marcador apontava 12/9. Após um contra-ataque definido por Japa, o Sesc RJ encostou no placar: 16/15. Em seguida, os visitantes empataram: 16/16.

No bloqueio do oposto Renan, os cariocas viraram o set: 18/17. Na sequência, Tiago Barth fez um ace: 19/17. Mas o Sesi-SP reagiu rapidamente. Maurício Borges foi bloqueado por Franco, que empatou a parcial: 22/22.

Na parte decisiva da etapa, nenhuma das duas equipes conseguia vencer. O marcador permanecia apertado, sem a vantagem mínima de dois pontos. Após bloqueio de Thiaguinho, o placar ficou empatado: 27/27.

Depois de um ataque de Lucão, tudo estava igual novamente: 29/29. Com um ace de Maurício Borges, o set foi enfim definido. O Sesc RJ venceu por 32 a 30 e empatou o jogo.

Virada carioca

Na terceira parcial, a equipe visitante começou melhor. O placar apontava 11/9. Após um momento de confusão na partida, Renan, do Sesc RJ, e Renato, do Sesi-SP, receberam cartões vermelhos. O placar foi para 16/13.

Com um bloqueio de Lipe, o placar estava empatado: 17/17. Mas os cariocas eram superiores. Depois de um ataque na rede de Lucão, o Sesc RJ conseguiu o set point: 24/21. O esperado se concretizou e os visitantes viraram a partida: 25 a 22.

Empate dos donos da casa

O início do quarto set foi melhor para o Sesi-SP: 8/6. Porém, o time carioca conseguiu empatar: 12/12. Mas não foi o suficiente. Os paulistas rapidamente reagiram. Com um ponto de Lipe, o placar foi para 16/12.

Muito superior, o Sesi-SP encaminhava o empate no duelo: 22/14. Em seguida, Alan, com um ace, deixou a vantagem maior ainda: 23/14. O Sesc RJ chegou a reagir: 24/19, mas a frente paulista era muito grande. Com um erro de saque de João Rafael, os donos da casa fecharam a parcial em 25 a 19.

Sesi-SP larga na frente na semifinal

O equilíbrio estava presente no tie-break. Até que Lipe atacou e deixou o Sesi-SP com uma vantagem de três pontos: 8/5. Após uma caixinha de Alan, o placar apontava 10/8. Dentro do esperado, os paulistas derrotaram os cariocas por 15 a 11 e saíram na frente na disputa por uma vaga na final da Superliga.

VAVEL Logo