Em revanche, Curitiba supera o favorito Londrina, vence Superliga B e comemora na casa do rival
Foto: Divulgação/Curitiba Carob House

Em revanche, Curitiba supera o favorito Londrina, vence Superliga B e comemora na casa do rival

De virada, equipe da capital devolveu derrota ao seu algoz da fase classificatória e conquistou o título da divisão de acesso

brunocellos_
Bruno Vasconcellos
Londrina Ana Maria, Lia, Carla, Adri, Amanda e Ju Odilon. Líbero – Silvana. Entraram: Mayara, Nathália, Ana Paula Guth. Técnica: Ivomari Ramos.
Curitiba Paty, Wime, Valeskinha, Vivi, Fofinha, Verônica. Líbero - Aninha. Entraram: Jéssica, Marina, Ana Paula. Técnico: Clésio Prado.
Placar1-0, 31/29 || 1-1, 22/25 || 1-2, 19/25 || 2-2, 26/24 || 2-3, 11/15.
INCIDENCIASJogo válido pela decisão da Superliga B, disputado no ginásio Moringão, em Londrina.

É campeão! Na noite desta segunda-feira (9), o Curitiba Carob House/CMP derrotou o Vôlei Positivo/Londrina, por 3 sets a 2 (31/29, 22/25, 19/25, 26/24 e 11/15), e conquistou a quinta edição feminina da Superliga B. O confronto aconteceu no ginásio Moringão, em Londrina, o que tornou o feito das curitibanas ainda maior. 

+ Após 14 anos de ausência, elite do voleibol feminino contará com equipes paranaenses

O duelo teve clima de revanche, uma vez que o Londrina havia levado a melhor sobre o Curitiba na fase classificatória. Na oportunidade, o revés por 3 sets a 0 foi o único sofrido pelo time da capital em toda a competição, enquanto que o Londrina carregava o favoritismo por ter chegado invicto à final. Por conta desse retrospecto, o que se esperava era um clássico bastante equilibrado, o que acabou se confirmando. 

Um dos destaques do jogo, a experiente Fofinha enfatizou a recuperação do Curitiba na competição, que teve de superar a derrota na estreia logo para as adversárias na final. 

"Perdemos para elas justamente no primeiro jogo na temporada e na nossa casa. Estávamos ainda nos entrosando e buscando ritmo. Algumas atletas estavam recém-chegadas à equipe. Nosso time cresceu muito, e o Londrina é um time forte, que tem o nível similar ao nosso. Sabíamos que teríamos um jogo difícil pela frente. Nosso objetivo era subir para a elite e conseguimos. Este foi o meu último jogo de verdade", disse a atleta. 

Resumo da partida

Com um excelente público de 4.200 torcedores, o time anfitrião largou na frente, após um set bastante movimentado. O Curitiba tinha o saque como ponto forte, enquanto as londrinenses eram melhores no bloqueio. Nos momentos finais, a equipe da capital teve quatro oportunidades para fechar o jogo, mas deixou a vitória nas mãos do rival: 31 a 29

Diferente do set anterior, foi o Londrina que começou melhor, abrindo uma boa margem de cinco pontos. No entanto, os bons saques de Fofinha encaixaram, Verônica cresceu na partida e o Curitiba reagiu, marcando sete pontos consecutivos. Depois o que se viu foi um novo equilíbrio, com as equipes trocando pontos, mas sempre com o Curitiba à frente no placar: 25 a 22. 

Confiante pela vitória no set anterior, o Curitiba seguiu melhor na partida, mantendo-se sempre à frente do time da casa. Desta forma, fez 25 a 19, ficando a um set do título. Contudo, o Londrina buscou a reação no período seguinte, fazendo 26 a 24 e lavando o jogo para o tie-break. No set decisivo, prevaleceu a eficiência do Curitiba, que errou menos e fez 15 a 11, conquistando o título da competição. 

VAVEL Logo

Vôlei Notícias

há 17 horas
há 3 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 4 dias
há 4 dias
há 7 dias
há 7 dias
há 7 dias
há 8 dias
há 9 dias