Em confronto direto, Sesc-RJ derrota Sesi-SP e abre vantagem na liderança da Superliga
Sesc RJ se saiu melhor no confronto direto contra o Sesi-SP (Foto: Juliana Cristina/VAVEL Brasil)

Em confronto direto, Sesc-RJ derrota Sesi-SP e abre vantagem na liderança da Superliga

Cariocas chegaram a 25 pontos na competição, seis na frente do segundo colocado, que agora é o Cruzeiro

juliana
Juliana Cristina

No confronto entre líder e até então vice-líder, o Sesc-RJ se saiu melhor. O time recebeu o Sesi-SP nesta quarta-feira (12), na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro, pela nona rodada da Superliga Masculina 2018/19. Os cariocas venceram os paulistas por 3 sets a 0, com parciais de 31/29, 25/22 e 25/23. O oposto Wallace recebeu o troféu Viva Vôlei.

A equipe carioca chegou a 25 pontos, seis na frente do segundo colocado. Com a derrota, o time paulista caiu para a terceira posição, tendo perdido a vice-liderança para o Cruzeiro, que venceu o Taubaté.

O líder da Superliga terá pela frente novamente um confronto entre primeiro e segundo colocado. O desafio será contra o Cruzeiro, no ginásio do Riacho, em Contagem, neste sábado (15), às 19h30. Já o Sesi enfrenta o Vôlei Um Itapetininga, no ginásio Ayrton Senna, neste mesmo dia, às 13h30.

Resumo da partida

O Sesc-RJ começou melhor. Após um longo rally definido por Wallace, o placar apontava 8/4. No entanto, no saque de William, o Sesi-SP reagiu e virou: 9/8.

Nenhuma das duas equipes conseguia abrir vantagem. Wallace atacou e deixou tudo igual na Jeunesse Arena: 17/17. Mais uma vez com o oposto, o marcador ficou igualado: 23/23. Na sequência, após muita discussão do time paulista com a arbitragem, Tiago Barth descolou um ace: 24/23. 

A etapa não queria acabar. Depois de muitas bolas viradas, o Rio de Janeiro enfim fechou a primeira parcial, com um ponto do central Tiago Barth: 31 a 29.

O segundo set começou como terminou o primeiro, com muito equilíbrio. Após uma bola virada por Japa, o placar era 4/3. No saque do ponteiro, os donos da casa começaram a abrir frente: 10/6.

Porém, os visitantes não relaxaram e empataram a parcial: 17/17. A etapa foi disputada ponto a ponto. No entanto, bem no final do set, o Rio fez dois pontos: 24/22. No contra-ataque, Maurício Souza deu números finais à parcial: 25 a 22.

Como a anterior, a terceira etapa também teve o mesmo ritmo. Após um ponto de Wallace, o marcador apontava 9/8. O líder da Superliga começou a aumentar sua vantagem: 12/9. 

Em uma bola de xeque, Penchev pontuou: 19/14. Foi o momento de maior desequilíbrio do duelo. Apesar de o Sesi-SP ter melhorado, o Sesc RJ conseguiu fechar o set, após um erro de saque de Lipe: 25 a 23

VAVEL Logo

Vôlei Notícias