Nicolas e Riad apontam em que fundamentos Corinthians falhou na derrota para o Sesc-RJ
Corinthians levou a virada fora de casa (Foto: Erbs Jr)

Nicolas e Riad apontam em que fundamentos Corinthians falhou na derrota para o Sesc-RJ

Equipe paulista chegou a abrir 2 a 0, mas levou a virada e saiu de quadra com apenas um ponto somado

juliana
Juliana Cristina

O Corinthians começou bem a partida contra o Sesc-RJ nesta quarta-feira (30), no Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro, ganhando os dois primeiros sets, mas acabou levando a virada no confronto pela Superliga Masculina. Os cariocas venceram por 3 sets a 2, com parciais de 18/25, 22/25, 25/18, 25/20 e 15/9.

O central Nicolas avaliou o rendimento de seu time e opinou sobre o que aconteceu com o Corinthians para ter saído derrotado após abrir 2 a 0:

"A gente começou muito forte no saque, aproveitando bem os contra-ataques. E a partir do terceiro e quarto set, nós não impomos a mesma frequência no saque, não aproveitamos tão bem os contra-ataques, e aí o Sesc conseguiu fazer bem o jogo deles, é um time muito bom.

Independentemente da virada, foi um resultado bom pra gente, conseguimos fazer um ponto fora de casa, contra uma equipe muito forte e acho que evoluímos bem hoje. Jogamos de igual para igual na maior parte dos momentos. E eu acho que a gente consegue usar o que a gente fez hoje nos dois próximos jogos, pra conseguirmos uma vitória, quem sabe, nestes jogos importantes que vêm pela frente", analisou.

O central Riad afirmou que a performance do Corinthians foi uma das melhores da temporada, apesar da derrota, e apontou em quais fundamentos sua equipe caiu de rendimento:

"O nosso saque caiu a partir do terceiro set. O Wallace entrou no jogo, e faz uma diferença enorme pro lado deles. Mas mesmo assim a gente pecou mais no saque mais tático deles, onde o nosso passe parou de ser efetivo, e consequentemente o bloqueio deles chega muito grande com as bases que tem, com o Maurício Souza, com o Aracaju, e aí ficou muito difícil pra gente rodar. Mas a gente pecou também quando o bloqueio tava simples, e a gente errou. Acho que foi a mais a nossa queda no passe e a nossa rodada de bola. 

Mas a gente sai daqui de cabeça erguida, conseguimos um ponto, então a única coisa que eu vou cobrar deles é que a gente não tenha uma postura diferente da que tivemos aqui, que independentemente da derrota, foi um dos melhores jogos nossos na temporada. Então se a gente mostrou isso hoje, nós podemos mostrar em todos os jogos, e é isso que a gente a partir de agora tem que botar na cabeça: fazer apresentações só como essa de hoje", pontuou.

Na nona colocação, com 13 pontos, o Corinthians fará seu próximo jogo contra o Sesi-SP, neste sábado (2), às 16h30, no ginásio da Ponte Grande, em São Paulo.

VAVEL Logo