Campinas derrota Sesc-RJ no tie-break e sobe para a sexta posição da Superliga
Campinas venceu o Sesc RJ no tie-break (Foto: Divulgação/Vôlei Renata)

Campinas derrota Sesc-RJ no tie-break e sobe para a sexta posição da Superliga

Equipe carioca tentou repetir roteiro do jogo contra o Corinthians, mas paulistas reagiram no final do quinto set e levaram os dois pontos

juliana
Juliana Cristina

O Vôlei Renata/Campinas recebeu o Sesc-RJ neste sábado (2), no ginásio do Taquaral, em São Paulo, pela quarta rodada do returno da Superliga Masculina 2018/19. Os paulistas venceram por 3 sets a 2, com parciais de 28/26, 25/21, 23/25, 23/25 e 15/13. O oposto Dani recebeu o troféu VivaVôlei.

Com os dois pontos somados, a equipe da casa sobe para a sexto colocação, com 22 pontos. Por outro lado, o time carioca, com um ponto conquistado, termina a rodada em quarto, perdendo a terceira posição para o Taubaté, que venceu o São Judas.

O próximo jogo do Campinas será contra o Sesi-SP, na próxima sexta-feira (8), às 19h, na Arena Suzano, em São Paulo. Já o desafio do Sesc RJ será contra o São Judas, no próximo sábado (9), às 19h, no Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro.

Resumo da partida

O Sesc RJ começou bem o duelo: 9/7. No ataque de Japa, o marcador apontava 13/10. No entanto, durante a passagem de Bruno Temponi pelo saque, o Campinas virou: 15/13. Mas, com um ace de Wallace, estava tudo igual no Taquaral: 15/15.

No bloqueio de Luizinho, os paulistas fizeram 19/17. Com um erro de saque de Maurício Souza, a equipe da casa chegou ao set point: 24/22. Porém, na passagem de Wallace pelo saque, quem passou a ter o ponto do set foi o time carioca: 25/24. Com placar apertado, o Campinas virou mais uma vez e conseguiu vencer a etapa, em uma bola fora de Wallace: 28 a 26.

Na segunda parcial, os donos da casa abriram logo cinco pontos: 7/2. Após dois toques de Maurício Borges, a equipe paulista chegou a 15/11. Com um ponto de Dani, o Campinas fez 24/18, que após um saque para fora de Aracaju, fechou o set em 25 a 21.

A terceira etapa começou equilibrada: 7/7. No decorrer da parcial, o Sesc-RJ era um pouco superior, com leve vantagem: 17/16. Com Maurício Souza, o time carioca fez 21/18.

No entanto, a equipe paulista empatou em uma bola fora de Aracaju: 22/22. Mas, com um erro de Luizinho, os cariocas chegaram ao set point: 24/22. No ataque de Wallace, os visitantes ganharam o set por 25 a 23.

No início da quarta etapa, os times ficaram trocando pontos: 5/5. O Sesc-RJ estava melhor em quadra, mas deixou que o Campinas empatasse: 15/15. Na parte final da parcial, Japa fez um importante ponto, ao bloquear Dani: 21/19. 

Mas depois foi a vez de Michel se dar bem, fechando a porta para Wallace: 21/21. Na sequência, Renan explorou o bloqueio e o time da casa virou: 22/21. Porém, depois foi a equipe carioca que virou, com Aracaju no saque: 24/22. Em um ataque de Wallace, o Rio de Janeiro fechou o set em 25 a 23, levando a partida para o tie-break.

Na quinta e última parcial, Rammé entrou no lugar de Maurício Borges. No bloqueio, os visitantes conseguiram abrir dois: 8/6. Os mandantes chegaram a reagir, mas os cariocas voltaram a estar na frente do placar, com um ponto de Wallace: 12/11. Na sequência, Aracaju fechou a porta para Dani: 13/11.

No entanto, com uma falha de Thiaguinho, o marcador apontava 13/13, o que fez Giovane pedir tempo. Na volta à quadra, Michel atacou e deu o match point para os donos da casa. Na sequência, Rammé foi bloqueado e o Campinas ganhou por 15 a 13.

VAVEL Logo