Minas aproveita fator casa, vence Praia Clube e sai à frente na decisão da Superliga
Foto: Orlando Bento/MTC

Minas aproveita fator casa, vence Praia Clube e sai à frente na decisão da Superliga

Minastenistas contam com apoio da torcida no Mineirinho e vencem as rivais por 3 sets a 2

martinomartins9
Giovanne Martins

O ginásio do Mineirinho foi palco de um grande jogo de vôlei na manhã deste domingo (21). Itambé/Minas e Dentil/Praia Clube começaram a decidir o título da Superliga Feminina e, com o apoio da torcida, as minastenistas aproveitaram o fator casa para vencer por 3 a 2 (28/26, 25/22, 17/25, 17/25 e 15/6) e largar à frente na disputa pela taça. A ponteira Gabi ficou com o troféu VivaVôlei.

Protagonistas durante toda a temporada, Minas e Praia Clube dominaram o cenário do vôlei e fizeram história garantindo a primeira final mineira na Superliga em 25 anos.

Os dois clubes voltam a se enfrentar na próxima sexta-feira (26). Para o Praia, não resta outra opção se não a vitória para continuar sonhando com a taça. Para o time da capital, o jogo no Sabiazinho pode selar a conquista do título que não vem há 17 anos.

Como foi o jogo

O duelo começou com o Praia Clube levando vantagem na recepção e saindo na frente na parcial: 4 a 2. Entretanto, as donas da casa reagiram e buscaram o empate: 6 a 6. O set seguiu equilibrado até a metade, quando Bruninha foi acionada por Lavarini e, com bons saques, ajudou o Minas a desgarrar no marcador: 19 a 16. O time de Uberlândia reagiu e, no bloqueio de Rosamaria, deixou tudo igual: 21 a 21. Com a igualdade prevalecendo no placar, a etapa só foi definida quando Carol atacou pra fora e decretou a vitória das minastenistas: 28 a 26

A segunda parcial começou com o mesmo equilíbrio que a anterior terminou: 4 a 4. Porém, o Minas imprimiu seu volume de jogo e começou a abrir: 8 a 5, quando Natália explorou o bloqueio. Mais uma vez o Praia mostrou a força do elenco e buscou a reação: 9 a 9. Forçando a linha de passe com o saque viagem, Bruna Honório colocou as mandantes em vantagem: 17 a 14. Mantendo a virada de bola, o time da Rua da Bahia fechou mais um set: 25 a 22.

As comandadas de Lavarini começaram bem a terceira etapa e deu a impressão que garantiria a vitória (3/0). Porém, as aurinegras não se entregaram e viraram o placar: 8 a 5, no bloqueio de Carol. Com um muro na rede, o Praia não deixava passar nada e seguia tranquilo na parcial: 17 a 11, em mais um ponto da central Carol. Fabiana soltou o braço pela china e manteve o time vivo na decisão: 25 a 17.

Embalado, o clube do triângulo mineiro saiu à frente logo no começo do quarto set: 9 a 6. Na largada de Rosamaria atrás do bloqueio, a vantagem era ainda maior: 17 a 11. Abusando dos erros, o Minas viu as rivais abrirem dez pontos de vantagem: 23 a 13, quando o ataque de Honório ficou na rede. Com ataque certeiro de Fawcett, o Praia levou a decisão para o tie-break: 25 a 17.

A torcida minastenistas inflamou no começo do set decisivo e a equipe foi no embalo: 8 a 2, na pancada de Natália. Em uma das principais armas do time belo-horizontino, a china da Gattaz, o time da casa encaminhou a vitória no primeiro confronto da decisão: 13 a 4. Rosamaria tocou na rede e deu números finais à partida: 15 a 6.

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo