Taubaté vence Sesi-SP no tie-break e vira série final na Superliga
Foto: Reprodução/CBV 

Taubaté vence Sesi-SP no tie-break e vira série final na Superliga

Em duelo eletrizante, equipe taubateana venceu por 3 a 1 e só precisa de mais uma vitória para o título inédito

felipesantos
Felipe Santos

Na noite dessa terça-feira (30) ocorreu o terceiro confronto da série melhor de cinco jogos entre Sesi-SP e Taubaté pela final da Superliga Masculina de vôlei. A série que estava empatada em 1 a 1 prometia um grande duelo em busca de uma vantagem para o tão sonhado título. O jogo foi pegado com direito a sets bem acirrados, mas no fim a estrela de um jogador brilhou: a do veterano e aniversariante da noite, Vissotto. O Taubaté venceu o jogo por 3 a 2 com parciais de 20/25, 25/23, 27/25, 28/30 e 15/13 virando a série final fazendo 2 a 1. 

O quinto set terminou com Vissotto, jogador que comemorou seus 36 anos dentro de quadra e eleito melhor jogador da partida por votação popular, levando o Trófeu VivaVôlei para casa. 

Como foi o jogo

O Sesi-SP começou o primeiro set bem atento e rapidamente abriu dois pontos de vantagem, e com bloqueio do Alan no ponteiro argentino Conte, o time da capital paulista fez 10 a 6. Com boa passagem do central Éder pelo saque, o Sesi aumentou a diferença, 16/11. As duas equipes começaram a trocar pontos a medida que o set foi chegando ao fim, e o mandante do jogo foi apenas administrando a vantagem, 22/17. Com ataque pela pipe do ponteiro Lucas Lóh, o Sesi-SP fechou o primeiro set em 25/20 e saiu na frente do placar.

No segundo set, o Taubaté começou bem mais ligado no jogo e abriu 1/4. Com Conte pela entrada de rede a vantagem aumentou para 4/8, obrigando o técnico Rubinho a usar seu primeiro pedido de tempo pelo lado do Sesi-SP. Com erro de ataque do oposto Vissotto, a equipe vermelha e preta empatou, 8/8. O jogo permaneceu bem acirrado durante um bom tempo da parcial: 16/16. Depois de grande rally, com show de defesas, Éder atacou pelo meio, 19/18. Com bloqueio em cima do Alan, o Taubaté virou o placar: 19/20. Douglas entrou e fechou o segundo set, 23/25 e deixou tudo igual, 1 a 1 em sets.

O Taubaté voltou pro terceiro set já abrindo 3 a 8 pra cima do time adversário. Douglas Souza, que voltou pra parcial no lugar do ponteiro Conte, cravou na diagonal e fez 8/10. Com ataque do Lipe, o Sesi-SP encostou no placar: 19/20. No momento mais decisivo do set, a equipe da capital paulista empatou o jogo: 24/24. Porém, com ace do Fabiano, o Taubaté fechou o terceiro set em 25/27 e virou o jogo.

O quarto set começou bem acirrado: 10/10. Com erro de saque do central Otávio, o empate permaneceu: 14/14. Depois de erros de ambas equipes o placar foi para 16/17. Lucarelli na diagonal curta aumentou a diferença, 18/20. O Sesi-SP correu atrás do placar e com ace do central Éder, empatou a parcial, 20/20. Com bloqueio de Gustavão o Sesi-SP fechou o quarto set em 30/28 e forçou o tie-break. 

A quinta etapa foi marcada pelo equilíbrio entre os finalistas. No ataque de Lucarelli, os visitantes saíram na frente: 3 a 1. No erro de Vissoto, o placar já estava empatado: 4 a 4. As equipes seguiram trocando pontos até a reta final, quando Leandro Vissoto parou Lipe no bloqueio simples e garantiu a vitória para Taubaté; 15 a 13, virando a série final.

A próxima partida acontece neste sábado (04), às 21h30, na Arena Suzano, agora com o Taubaté sendo mandante. 
 

 

VAVEL Logo