Zé Roberto corta Mari Paraíba e Naiane da seleção femina de vôlei

Pouco utilizadas no Grand Prix, Mari Paraíba e Naiane eram quase cortes certos pensando nos Jogos Olímpicos; Disputa agora esquenta entre líberos

Zé Roberto corta Mari Paraíba e Naiane da seleção femina de vôlei
Mari Paraíba em ação durante os treinos da seleção brasileira. Foto:CBV/Divulgação

Logo após a conquista do Grand Prix 2016 contra os Estados Unidos, José Roberto Guimarães tratou de anunciar na noite de terça-feira(12) as primeiras atletas que não voltam mais para Saquarema após os dias de folga.

A ponteira passadora Mari Paraíba e a jovem levantadora Naiane são as escolhidas pelo treinador para darem adeus ao sonho de disputar os Jogos Olímpicos em casa. O corte da ex-atleta do Minas Tênis então define as ponteiras do time com Natália, Jaqueline, Fernanda Garay e Gabi.

Foram poucos momentos de Mari em quadra pela seleção no torneio recém conquistado pois ela só atuou contra Holanda e Estados Unidos, semi e final, durante toda a competição. Foram quatro serviços para tentar quebrar o passe adversário e nada mais.

Sobram poucas vagas no elenco final de 12 jogadoras, restando indefinições como líbero, oposta e levantadora reserva. Léia e Camila Brait, líberos, fazem a disputa mais intensa e segundo o treinador é o que mais lhe tira o sono no momento.