Rumo à Olimpíada: seleção feminina de Vôlei da China

Atual campeã do mundo em 2015, a seleção Chinesa chega como uma das favoritas ao ouro na Olimpíada do Rio

Rumo à Olimpíada: seleção feminina de Vôlei da China
Rumo à Olimpíada: Vôlei, seleção feminina da China

Atual campeã da última Copa do Mundo de vôlei feminino em 2015, a China vem confiante para disputar a Olimpíada no Rio. É uma das principais forças da competição, ao lado dos Estados Unidos e da seleção Brasileira. As Chinesas chegam na cidade tupiniquim favoritas ao pódio, e na briga pelo ouro.

Favoritismo Chinês na Olimpíada

Os motivos que justificam esse favoritismo são bastante consideráveis e recentes, afinal, foi a seleção Chinesa que apresentou o melhor nível de jogo na fase de classificação do último Grand Prix, logo em seguida, optou por colocar o time reserva em quadra na fase final, e acabou terminando em quinto lugar.

Outro fator que pesa bastante e aumenta a confiança Chinesa, é que no último confronto entre Brasil e China, a pouco mais de um mês, vitória para o time asiático por 3 a 0, com amplo domínio técnico, na volta das titulares em quadra. O placar elástico, inclusive, fez com que o técnico brasileiro José Roberto Guimarães, se irritasse: "Onde nós estamos com a cabeça?", questionou em um dos tempos técnicos do jogo.

Fique de olho: Zhu Ting

O grande destaque da China é a jogadora Zhu Ting, com apenas 22 anos, é uma das melhores jogadoras do circuito mundial e considerada uma das principais revelações do esporte nos últimos anos. Com incríveis 1m95 de altura, Zhu coleciona inúmeros prêmios individuais, como melhor artilheira do mundo, melhor atacante e melhor levantadora. Além disso, Zhu foi considerada a principal jogadora da Copa do Mundo no ano passado, fazendo impressionantes 113 pontos no torneio.


A China foi a última seleção que conseguiu desbancar e "roubar" o ouro do Brasil no vôlei feminino em jogos Olímpicos, o time conquistou a tão sonhada medalha pela segunda vez em sua história, em Atenas, no ano de 2004. Nas duas Olimpíadas seguintes, o ouro veio para o Brasil, em Pequim 2008, e Londres 2012.