Bruno e Alison encontram dificuldades, mas superam dupla canadense no vôlei de praia

Brasil fez sua estreia nos jogos olímpicos e estreou com vitória sobre o Canadá em uma partida equilibrada

Bruno e Alison encontram dificuldades, mas superam dupla canadense no vôlei de praia
Foto: Quinn Rooney/ Getty Images
Brasil
2 0
Canadá
Brasil: Bruno Schmidt e Alison Cerutti
Canadá: Sam Schachter e Joshua Binstock

Na manhã deste sábado (6), o Brasil bateu o Canadá na primeira partida de vôlei de praia. A dupla Bruno e Alison tiveram a frente Schachter e Binstock, que chegaram a supreender os brasileiros em certos momentos, mas não aguentaram o bom poder ofensivo dos donos da casa.

A partida começou com total domínio brasileiro. O primeiro set foi tranquilo, marcando 21 a 19, Bruno e Alisson pareciam mostrar o porquê eram os favoritos para vencer o confronto. Abriram bons pontos de vantagem logo no inicio, mas relaxaram um pouco ao decorrer, o que fez com que os canadenses entrassem no jogo, mas nada que assustasse de verdade.

Com um bom primeiro período, o que se esparava era que se mantesse essa pegada para a etapa final. Logo que começou, parecia que iria se resolver com a mesma tranquilidade que no set anterior. Os brasileiros abriram logo dois pontos de vantagem e dominavam o jogo. Contudo, Schachter e Binstock reagiram e não deixavam que o adversário se distanciasse muito.

A maior diferença de pontos foi quando estava 14 a 10 para o Brasil, no qual se achavam que a dupla retomaria o controle do set, mas o Canadá voltou a crescer e chegou a virar o placar em 20 a 19 e ficaram a um ponto de fechar. Porém Schachter e Binstock pecavam em seus próprios erros e o ataque brasileiro era muito forte, o que causou outra virada. 22 a 20, esse foi o placar que sagrou a vitória do Brasil na estreia nos Jogos Olímpicos.

O que podemos destacar de bom na dupla Bruno e Alison é contra-ataque. Boa parte dos pontos foi conquistado dessa forma e a boa oportunidade de se aproveitarem dos erros que o adversário cometia. O que ficou para melhorar seria a atenção dos atletas, como era um estreia, começaram bem, mas se deixaram levar pelo nervosismo o que culminou no crescimento do adversário.