Holanda bate Coreia do Sul e alcança inédita semifinal no voleibol feminino

Time tem manhã bastante inspirada no saque e nos contra-ataques para vencer por 3 sets a 1 e alcançar seu melhor resultado na história da modalidade no feminino

Holanda bate Coreia do Sul e alcança inédita semifinal no voleibol feminino
(Foto: Divulgação/FIVB)
Holanda
3 1
Coreia do Sul

Nessa terça-feira (16), Coreia do Sul e Holanda se enfrentaram pela fase quartas de final do voleibol feminino nos Jogos Olímpicos Rio 2016. E, em uma partida marcada pelo bom saque e contra-ataque holandês, o time europeu quase sempre sustentou segura vantagem no placar e venceu por 3 sets a 1, com parciais de 25/19 - 25/14 - 23/25 e 25/20.

Com a vitória, a Holanda chega a uma inédita semifinal para o voleibol feminino de seu país e agora espera o seu rival na próxima fase que pode ser Brasil ou China na próxima quinta (18), já as sul-coreanas, quartas-colocadas em Londres, ficam pelo caminho

As holandesas começaram bem e quebrando bem a linha de passe do rival, conseguiram diminuir sua eficiência ofensiva e assim fizeram 12 a 8 na primeira parte do set, na segunda parte a equipe europeia contou com muitos erros do rival e fez 20 a 14, na reta final as holandesas só administraram a vantagem e fecharam o set em 25 a 19.

Mais uma vez deixando o rival para trás, o time holandês voltou a pontuar bem no ataque  e abriu 8 a 3 logo no primeiro momento da parcial, na segunda parte o que prevaleceu foi a ousadia no saque por parte do conjunto europeu que assim mais uma vez quebrou a linha de passe asiática e defendeu bem os ataques rivais fazendo 19 a 10, na parte final da parcial só terminou o bom trabalho já consolidado e fez 25 a 14.

No terceiro set, o passe da sul-coreanas melhorou e assim o ataque por consequência passou a ser mais eficiente, fazendo rapidamente 11 a 5 no placar, controlando a vantagem ao longo do jogo e seguindo na frente o time asiático fez defesas em momentos importantes do jogo e abriu 20 a 16 e apesar de algum nervosismo no fim, acabou fechando o set em 25 a 23.

No quarto set o que se viu foi mais uma vez a seleção holandesa voltando a se concentrar no saque e amortecendo bem os ataques asiáticos, fazendo 9 a 5 na primeira parte da parcial. Na segunda parte sem muitos problemas a equipe chegou aos 18 a 12 mantendo assim uma boa dianteira no placar. Na parte final a equipe holandesa até oscilou um pouco mas conseguiu fechar o jogo em 25 a 20.