Sada Cruzeiro vence Taichung Bank em sets diretos na estreia do Mundial de Clubes

Atual campeã, equipe mineira passa por cima do time asiático e lidera seu grupo no Mundial masculino com show do ponteiro Leal

Sada Cruzeiro vence Taichung Bank em sets diretos na estreia do Mundial de Clubes
W.Arjona dominou o bloqueio adversário e colocou toda equipe pra jogo (Foto: Divulgação/FIVB)
Sada Cruzeiro
3 0
Taichung Bank

Na abertura do Mundial de Clubes Masculino, coube ao atual campeão Sada Cruzeiro enfrentar e vencer com tranquilidade o Taichung Bank, equipe de Taiwan, por 3 sets a 0 (25/10, 25/16 e 25/13). A partida ocorreu na noite dessa terça-feira (18), no ginásio Divino Ferreira Braga, em Betim.

Vencedor da partida, o Cruzeiro vai enfrentar nesta quarta-feira (19) o principal rival do grupo, Zenit Kazan, da Rússia, pela segunda rodada. Quem vencer deve confirmar a liderança da chave. No outro duelo, os derrotados Taichung Bank e Tala'ea El-Geish se enfrentam para tentar sobreviver.

Coube ao cubano Yoandy Leal ser o maior pontuador somando 16 pontos durante a partida, seguido no Cruzeiro por Evandro (11 pontos) e Isac (9 pontos).

A primeira parcial foi construída com tranquilidade, os taiwaneses tinham muita dificuldade no ataque e acabaram vendo o Cruzeiro crescer ao abrir 8 a 4 no primeiro tempo técnico. O decorrer do Set teve o ritmo mantido, sempre usando todo as peças no ataque e mantendo o dobro de pontos do adversário. Para fechar uma sequencia de 11 a 3 após tempo pedido pelo técnico asiático fechando o set em 25 a 10.

O Cruzeiro tinha em Leal sua melhor arma ofensiva mas no segundo set o atacante cubano foi acionado em doses cavalares, sempre derrubando os ataques. Huang e Liu erram as melhores opções do Taichung e respondiam, dando toque de equilibrio que não houve no set inicial na parcial 9 a 9. Filipe anotou dois pontos consecutivos, deixou o Cruzeiro na frente que não mais perdeu a condição fechando em 25 a 16 com direito à Leal anotando 6 dos 7 pontos finais.

O domínio perdido foi retomado no terceiro set pelo clube mineiro que ainda encontrou resistência nos ataques de Huang mas a defesa do Taichung deixava a desejar na cobertura. Chamou atenção o bom jogo de Rodrigo que entrou para substituir Filipe, lesionado, e enfileirou pontos assim como Evandro e Renan também bastante acionados. A parcial foi um tranquilo 25 a 13, ainda mais dominante que no set inicial.