Minas perde a terceira seguida no Mundial de Clubes e é eliminado

A equipe da casa conquistou apenas um set na competição e se despede

Minas perde a terceira seguida no Mundial de Clubes e é eliminado
Bloqueio triplo do Bolívar tenta parar ataque do Minas (Foto:Thiago Silva)

Nesta sexta-feira (21), no ginásio Divino Braga, em Betim, pela terceira rodada do Mundial de Clubes, o Minas perdeu para o Bolívar, da Argentina, por 3 sets a 1 (18/25, 25/19, 25/19 e 25/22). Com este resultado, a equipe da casa acabou sendo eliminada da competição, enquanto os visitantes aguardam por um resultado positivo do jogo das 20h (horário de Brasília) do Trentino, time da Itália, sobre seus compatriotas, UPCN, para conseguirem a classificação para as semifinais.

Após um ótimo início de partida do Minas, o primeiro set foi o seu melhor de todos os jogos e consequente o único vitorioso. O time mineiro levou a virada e não conseguiu alcançar a primeira vitória na competição internacional. Com poucos erros e forçando os saques, conseguiram abrir uma vantagem e fechar com tranquilidade o set em 18/25.

A conversa do treinador com a equipe argentina, surgiu efeito e o Bolívar começou a tomar conta do jogo, ganhando com facilidade os três próximos sets.

O Bolívar, foi a equipe que mais fez bloqueios, foram 14  pontos neste fundamento, contra apenas sete do Minas. O maior pontuador da partida, foi o ponteiro Thiago Vanole, do Minas.

Ao final da partida, o capitão do Minas, Flavio Gualberto, declarou: “Tivemos um bom primeiro set, sem fazer os erros dos jogos anteriores, mas com o jogo avançado, infelizmente,voltou a fazer exatamente isso e acabou perdendo-o. Isso tem que ser uma lição para nós, como agora temos um campeonato importante como a Superliga Brasileira. Somos uma equipe nova, ainda temos muitos altos e baixos e que não pode acontecer. Temos de trabalhar nisso".