No tie break, Eczacibasi vence Casalmaggiore por 3 a 2 e é bicampeão do Mundial de Clubes

Time turco consegue o título e faz história no voleibol feminino, se tornando o único com dois títulos mundiais

No tie break, Eczacibasi vence Casalmaggiore por 3 a 2 e é bicampeão do Mundial de Clubes
Foto? Facebook/Eczacibasi

A hora da verdade, ou melhor, “a hora da onça beber água”. Muitos definem assim a final de algum campeonato e não é diferente para Eczacibasi-TUR e Casalmaggiore-ITA, que duelaram pelo título do Mundial de Clubes de Vôlei Feminino. O final feliz ficou para o lado do turco, que venceu por 3 sets a 2 e conquistou seu primeiro grande título após o forte investimento que fez.

O primeiro set foi muito bom para o Eczacibasi-TUR, que aproveitou o saque, foi superior no ataque e conseguiu ser eficiente no bloqueio. O destaque foi para a brasileira Thaísa, que fez um ótimo jogo no set. A única coisa que o Casalmaggiore-ITA conseguiu igualar foi no número de erros, o que justifica a vitória do clube turco no set por 25 a 19.

O clube turco relaxou no segundo set, tanto que o Casalmaggiore abriu 7 a 0 logo no início, forçando o treinador do Eczacibasi a queimar os dois pedidos de tempo nesse período. No decorrer do set, o jogo foi ficando com o placar menos distante, mas nada que tirasse a vitória do time italiano, 25 a 20 e 1 a 1 no confronto.

No terceiro set, o Eczacibasi conseguiu abrir 2 a 1 no jogo por ser mais regular do que o Casalmaggiore. Apesar das centrais estarem um pouco sumidas, o ataque do clube turco foi mais eficaz e isso se confirmou no placar, 25 a 19.

O quarto set foi espetacular, com grandes rallys, disputado ponto a ponto, além de um jogo tenso e nervoso. O que fez a diferença para o Casalmaggiore para vencer o set foi o bloqueio, já que foram seis a favor do clube italiano. Com isso, a equipe que bateu o Eczacibasi por 25 a 22 e levou para o set desempate.

O tie break, como já era esperado, foi um dos momentos mais tensos do confronto. Como na partida em si, o set de desempate foi muito disputado, chegando a ficar 11 a 11. Porém, um pedido de desafio do time turco mudou a história da final, tendo eles conseguido o ponto e feito 13 a 11. O ponto do título acabou sendo em uma recepção errada do Casalmaggiore, o que encerrou o confronto em 15 a 11 para o Eczacibasi. O placar final foi de 3 sets a 2 no duelo e mais um título na conta.

Contando com reforços como Thaísa, Kosheleva e Larson, o time turco chegou a um feito inédito na história, sendo o único clube a conseguir um bicampeonato mundial de voleibol, conquista muito merecida.