Praia Clube supera Fluminense em série de três jogos amistosos

Em Uberlândia, equipes selaram o fim da preparação para a Superliga Feminina de Vôlei 2016/17

Praia Clube supera Fluminense em série de três jogos amistosos
Clube mineiro venceu os três confrontos (Foto: Divulgação/Praia Clube)

Na reta final da pré-temporada, o Dentil Praia Clube recebeu o Fluminense em Uberlândia, para uma série de três jogos amistosos. Os confrontos entre mineiras e cariocas aconteceram na Arena Praia e marcaram o fim da preparação das equipes para a disputa da Superliga Feminina de Vôlei 2016/17. Todas as partidas tiveram portões abertos para associados e visitantes.

Atualmente, tanto o Praia quanto o Fluminense, fazem parte de um grupo seleto de 12 equipes que figuram a elite do voleibol nacional. Contudo, será a nona participação do time de Uberlândia na Superliga, que após conquistar o inédito vice-campeonato, chega com força total para a temporada 2016/17. Já o tricolor das Laranjeiras, após obter o acesso por meio da Superliga B, está de volta à principal competição do país depois de 25 anos. Ao sagrar-se campeão estadual, o clube carioca demonstrou que poderá brigar por títulos na retomada aos campeonatos de alto nível.

A estreia do Praia Clube na Superliga Feminina de Vôlei 2016/17 será na próxima quinta-feira, às 19h (de Brasília), diante do Valinhos, no Ginásio Pedro Ezequiel da Silva, em Valinhos. O Fluminense, coincidentemente, enfrentará o Rio de Janeiro no primeiro jogo da competição – clube que superou na final do Campeonato Carioca - na terça-feira (1º), às 21h (de Brasília), no Ginásio Rogério Steinberg.

Praia Clube é superior nos três jogos

(Foto: Divulgação/Praia Clube)
Mineiras e cariocas enfrentaram-se na Arena Praia (Foto: Divulgação/Praia Clube)

Na série de confrontos entre Praia Clube e Fluminense teve espaço para tudo: bons ataques, ralis, viradas e até reencontros. O primeiro duelo aconteceu na última sexta-feira (21) e na ocasião, as donas da casa levaram a melhor. Embora tenham passado sufoco em determinados momentos da partida, as mineiras venceram por 3 sets a 1, com parciais de 25/18, 26/24, 26/28 e 25/20.

O segundo encontro entre as equipes aconteceu neste sábado (22), onde as ex-praianas Ju Costa, Letícia Hage e Sassá, agora do Fluminense, além da oposta Renatinha Colombo, até tentaram obter um resultado positivo para o tricolor carioca, mas o esforço das atletas não foi o suficiente. Com autoridade, o Praia venceu novamente, desta vez por 3 sets a 0, com parciais de 25/17, 25/23 e 25/17.

O desfecho da série de amistosos entre Praia Clube e Fluminense ocorreu na manhã deste domingo (23). Com a central Fabiana Claudino sendo a principal atleta da partida, destacando-se ao marcar 17 pontos, o time mineiro selou a preparação para a liga nacional de forma categórica. A equipe praiana venceu mais uma vez por 3 sets a 1, com parciais de 25/20, 25/16, 22/25 e 27/25.

Fora das quatro linhas

(Foto: Lucas Papel)
Muitas expectativas para a campanha do Praia na Superliga (Foto: Lucas Papel)

Após o desfecho dos confrontos, o técnico do Praia Clube, Ricardo Picinin, destacou a força do tricolor carioca no retorno à elite do voleibol brasileiro e ainda afirmou que exigirá muita intensidade de suas comandadas durante a competição. “É um grande time, com atletas muito experientes, que inclusive já passaram por aqui. Ju Costa, Letícia e Sassá estão há muitos anos jogando em alto nível, estão acostumadas a vencer. O Fluminense é um adversário duríssimo”, disse. “Foram nossos três últimos testes, para prepararmos a base da equipe que disputará a Superliga. Não dá para entrar mole contra ninguém, temos que ser firmes e devemos jogar para cima o tempo todo”, concluiu o treinador.

Ricardo Picinin também demonstrou durante os amistosos que possui alternativas no elenco praiano que, quando necessário, podem mudar o panorama dos jogos. Carla Santos é um exemplo disso, uma vez que entrou no decorrer dos confrontos e ajudou efetivamente na construção dos resultados positivos. Mas a ponteira dividiu os méritos com as demais atletas da equipe e ainda fez um alerta. “Não acho que o destaque foi só meu, nosso time cresceu muito. Esta é a cara do Praia na temporada, quem entrar não vai deixar o ritmo cair”, declarou. “Temos que trabalhar muito e para colocar nosso potencial em prática, não podemos entrar devagar nos jogos”, finalizou a ponteira do time de Uberlândia.