William é eleito o melhor jogador do Mundial de Clubes de Voleibol

Levantador conquista maior prêmio no tricampeonato cruzeirense e time ainda fatura outras três homenagens

William é eleito o melhor jogador do Mundial de Clubes de Voleibol
Foto: Divulgação/FIVB

O ano 2016 está sendo muito especial para o levantador William, medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos da Rio 2016, campeão mundial de clubes pelo Sada/Cruzeiro e eleito o melhor jogador da final. O time mineiro conquistou quatro prêmios individuais nesta competição internacional.

É uma somatória de vários fatores, eu dependo deles. Vôlei é um esporte coletivo, talvez, o mais coletivo de todos. Dependo de todo mundo, é muito legal e fico muito feliz porque é um reconhecimento do trabalho sem dúvida. É muito mais coletivo do que individual”, explicou William ao ser escolhido como o melhor jogador do torneio.

Dois grandes times em quadra, porém o clube brasileiro conseguiu crescer mais diante os russos. As jogadas funcionaram, os jogadores acionados responderam e a distribuição estava sendo feita, de acordo com o levantador esta é a função dele. “Acho que um levantador não tem que só colocar bola boa como tem que entender o momento do jogo, esse é o diferencial de um levantador bom para um levantador comum e eu penso nisso o tempo todo. Meu desafio é esse, tenho que entender o tempo de cada um, conhecer cada um e ver qual o momento de dar a melhor bola, a bola certa. Tenho sido feliz em relação a isso”.

Além da condecoração de MVP para o cruzeirense, o oposto Evandro foi o melhor jogador desta posição, a premiação de líbero foi para o Serginho e o cubano Leal conquistou como um dos melhores ponteiros. A festa foi após o título de tricampeão ao vencer o Zenit Kazan por 3 sets a 0 (25/21, 25/23 e 25/15), em Betim, Minas Gerais.

“Acho que a gente sem dúvida é um das melhores equipes do voleibol brasileiro. Pela quantidade de títulos conquistados, pela referência no voleibol mundial, hoje, outros jogadores querem jogar aqui, o Sada é extremamente respeitado mundialmente. É graças ao fruto de um bom trabalho com boa estrutura, bom suporte e fico feliz de estar aqui e poder desfrutar disso”.