Com virada no quarto set, Minas estreia vencendo Bento Vôlei pela Superliga masculina

Por três sets a um, time mineiro começa com a "mão direita" a competição; equipe gaúcha chegou a estar vencendo, mas permitiu reação

Com virada no quarto set, Minas estreia vencendo Bento Vôlei pela Superliga masculina
Foto: Divulgação / CBV
Minas
3 1
Bento Vôlei
Minas: Tiago Gelinski, Thiago Vanole, Flávio (C), Pétrus, Abouba, Rogério. Técnico: Nery Tambeiro.
Bento Vôlei: Michel, Sandro (C), José Ricardo, Wellngton, Deivid, Daniel. Técnico: Carlão Mantovanelli.
Placar: 23-25, 23 minutos; 25-18, 24 minutos; 25-18, 23 minutos; 25-23, 30 minutos.
ÁRBITRO: 1º árbitro: Anderson Luis Caçador (MG). 2º árbitro: Andreza Nogueira (MG). Amarelos: Tiago (Minas), Sandro (Bento Vôlei).
INCIDENCIAS: Partida válida pela primeira rodada da Superliga Masculina de Vôlei 2016, realizada no ginásio do Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte/MG.

Em uma partida emocionante no fim, o Minas Tênis Clube, maior vencedor da Superliga masculina de vôlei, com sete conquistas, iniciou a edição de 2016 com vitória por três sets a um perante o Bento Vôlei, na tarde deste sábado (29). Parciais de 23-25, 25-23, 25-18 e 25-23. Com direito a uma virada brilhante no quarto set, onde os donos da casa perdiam por 14 a 7, o triunfo foi conquistado em 1h40 de jogo.

As duas equipes voltam a atuar no próximo sábado (5). O Minas vai até Montes Claros/MG para encarar o Montes Claros Vôlei a partir das 21h. Uma hora mais cedo, o Bento Vôlei recebe, em Bento Gonçalves/RS, o São Bernardo Vôlei.

A equipe da casa não começou bem no primeiro set, errando recepções e contra ataques bobos. O Bento Vôlei, se aproveitando do nervosismo e da desconcentração do Minas, foi abrindo vantagem de dois pontos, mantida até o 15º ponto. A partir de então, o Minas esboçou uma reação, chegando a igualar o marcador. Seguindo equilibrado até o fim, com erros e acertos dos dois lados, o placar ao fim do primeiro set, que durou 23 minutos, foi de 25 a 23 para o Bento Vôlei.

Tomando as rédeas da partida no princípio do segundo set e contando com a mão pesada de Thiago Vanole no saque, o Minas começou na frente. A partir do momento em que o ataque local foi marcado corretamente, o bloqueio visitante começou a se destacar, empatando o placar em 13 pontos. Fazendo a diferença a favor do Minas, o rali mais disputado, que durou quase dois minutos, estabeleceu ao time mineiro a dianteira, que permaneceu até o fim. Com duração de 24 minutos, o time da casa faturou por 25 a 18.

Embalado pela vitória folgada no segundo set e pela pontaria certeira de Tiago, cravando uma bola atrás da outra, o Minas começou abrindo quatro pontos, chegando a sete a três. A mão do time mineiro seguiu pesada para cima dos gaúchos, através de Felipe e Flávio. Desconcentrado e cometendo erros defensivos, o Bento Vôlei contava com a quebra de saque para seguir com chances de vencer o set. Deu certo, até que a defesa se reorganizasse e o contra ataque, aos poucos, se tornava fatal. Em um erro de saque do time gaúcho, com duração de 23 minutos, o Minas fechou o terceiro set também em 25 a 18.

Eleito melhor jogador em quadra, Tiago
Eleito melhor jogador em quadra, Tiago "Mão" recebe o prêmio. Foto: Matheus Adler/VAVEL Brasil

Tiago seguiu com a mão calibrada e, com um ace, abriu o quarto set a favor do Minas. Mas, o bom momento ficou por aí. Clinty, acertando os saques e dificultando a defesa para o Minas, além do miolo de ataque cravando todas, a vantagem para o Bento chegou a cinco pontos no meio do set, 12 a 7. A defesa gaucha estava em ótima forma, pegando todas. A entrada do ponteiro Samuel foi um ensaio de reação da equipe mineira, que não se entregava. O resultado veio e o Minas, na base da raça e numa atuação espetacular de Flávio, Tiago, Felipe e Samuel, a virada veio. Com 30 minutos, a vitória veio por 25-23 e o Minas fechou com vitória por três sets a um.