Fluminense hesita, vôlei Nestlé vence e se apróxima dos líderes da Superliga

Mesmo com partida equilibrada na parte final, tricolor não resistiu e foi derrotado por 3 sets a zero

Fluminense hesita, vôlei Nestlé vence e se apróxima dos líderes da Superliga
Foto: Reprodução/Facebook
Fluminense
0 3
Vôlei Nestlé
Fluminense: Sassá, Ju Costa, Pri Alves, Renatinha, Leticia e Lara
Vôlei Nestlé : Paula, Dani Lins, Malessevic, Tandara, Saraelen e Camila Brait
Placar: 3 sets a 0. Parciais: 25/14; 28/26; 30/28.
INCIDENCIAS: Partida válida pela 6º rodada da Superliga Feminina de Vôlei 2016/17. Jogo disputtado no ginásio Hebraica, Rio de janeiro.

No duelo de campeões estaduais, Fluminense e Vôlei Nestlé se enfrentaram na tarde deste sábado (26), no ginásio Hebraica, Rio de Janeiro. Em quadra, um duelo entre dois opostos lutando pela reabilitação na Superliga Feminina.

Vindo de dois resultados negativos o tricolor estacionou nos seis pontos ganhos - duas vitórias e três derrotas -, e precisava da vitória para se recuperar e se manter entre os oito primeiros da competição. 

Lutando pelo título, a equipe de Osasco foi derrotada pelo Brasília Vôlei na rodada anterior, por isso, vencer a partida era importante para não desgrudar da parte de cima da tabela.

Em uma partida equilibrada, o Fluminense mostrou que lutaria até o último minuto pela vitória. Mesmo com o placar final em 3 a 0, o tricolor fez jogo duro contra um dos favoritos da competição. O Vôlei Nestlé apostou nos seus bons ataques e no coletivo para chegar ao triunfo.

Com o domínio do jogo no início de partida, o time de Osasco se fez valer da experiência para fechar os dois sets seguintes e voltar a vencer na Superliga. Com isso, alcançou os 15 pontos, subiu para o terceiro lugar e se aproximou dos líderes da competição.

O Jogo:

No primeiro set o Vôlei Nestlé mostrou porque é um dos postulantes ao título da Superliga. Enfrentando um Fluminense inseguro, a equipe de São Paulo se aproveitou dos muitos erros do adversário para abrir vantagem no placar e vencer a primeira etapa com tranquilidade.

Jogando com atenção, o time de Osasco se mostrou eficiente no ataque e no saque, dificultando assim a recepção da equipe da casa. Apesar de lutar para diminuir a diferença, o tricolor mostrou preciptação e não conseguiu evitar o pior, perdendo por 25 a 14 o tempo inicial.

Para a segunda etapa, o Fluminense voltou diferente. Acertando as recepções e melhorando no ataque, o tricolor equilibrou a partida e conseguiu se manter na frente no início do set. Porém, isso durou pouco. A equipe do Nestlé logo se impôs e conseguiu abrir vantagem no placar. Mas não seria tão fácil como na primeira parte, pelo contrário.

Mais confiante, demonstrando raça e assim tornando o jogo disputado, o Flu cresceu no set e chegou a ter chance de empatar a partida em 1 a 1. Não deu. O Osasco fechou em 28 a 26 e se aproximou da vitória.

O equilíbrio se estendeu para o terceiro set, mas o panorama da partida não mudou. Resistente, a equipe carioca mostrou que não desistiria. O time do Vôlei Nestlé, por sua vez, continuou implementando seu jogo e aproveitou para abrir nova vantagem no placar.

Querendo permanecer vivo na partida, só restava para o Flu correr atrás e tentar diminuir a diferença no placar. Foi o que aconteceu. Assim como na segunda etapa, Fluminense e Vôlei Nestlé fizeram um set muito equilibrado, mas o tricolor voltou a vacilar no fim e foi derrotado por 3 sets a 0. Parciais: 25/14; 28/26; 30/28.

Próximas Partidas:

Na próxima sexta-feira (2), o Fluminense visita a equipe do São cristóvão Saúde/São Caetano em busca de reabilitação na Superliga. A partida acontece às 19h:30. Para continuar na caça aos líderes, no sábado (3), o Vôlei Nestlé recebe o time do Camponesa/Minas, em Osasco, às 14h:10.