Em ano de renovação, Zé Roberto define temporada da Seleção Feminina como especial

Time brasileiro encerrou o ano com a medalha de prata na Copa dos Campeões; foram três conquistas em quatro campeonatos disputados em 2017

Em ano de renovação, Zé Roberto define temporada da Seleção Feminina como especial
Foto: Divulgação/FIVB

Na manhã deste domingo (10), em Nagoya, no Japão, a Seleção Brasileira Feminina encerrou a sua participação na Copa dos Campeões de Vôlei. Jogando contra os Estados Unidos, o time sul-americano venceu por 3 sets a 0 (25/20, 25/23 e 25/19), e conquistou a medalha de prata da competição. Atual campeã olímpica, a China faturou o ouro; EUA completou o pódio.

Destaque da Seleção Brasileira, Tandara foi eleita a melhor oposta da competição. A jogadora avaliou a temporada do time verde e amarelo, que no primeiro ano após passar uma grande renovação, conquistou três dos quatro campeonatos que disputou, e ainda conseguiu a prata na Copa dos Campeões.

“Tivemos um ano sensacional. Com uma equipe renovada, conquistamos resultados importantes. Esse grupo passou por dificuldades e soube se superar. Acredito que amadurecemos como jogadoras e principalmente como equipe. Agora, vamos seguir trabalhando sabendo que precisamos evoluir e crescer para chegarmos bem no Mundial”, disse Tandara.

Os resultados aos quais Tandara se referiu foram as conquistas do Torneio de Montreux Volley Masters, o Grand Prix e o Sul-Americano, que garantiu o Brasil no Mundial de 2018, no Japão. A ponteira Natália também comemorou os feitos da equipe em 2017.

“Foi um ano muito bom para esse grupo, mas sabemos que ainda temos muito para crescer e evoluir. O nosso time está de parabéns pela temporada”, afirmou a capitã.

O treinador José Roberto Guimarães comandou o processo de renovação da equipe verde e amarela. Fabiana e Sheilla anunciaram aposentaria da seleção após a participação brasileira nos Jogos Olímpicos do Rio. Fernanda Garay pediu dispensa. Dani Lins e Thaísa se afastaram por motivos particulares.

Com as baixas das veteranas, o comandante se viu obrigado a iniciar o novo ciclo olímpico com um elenco mais jovem. Carol, Rosamaria, Drussyla, Roberta, Macris, Ana Beatriz, Amanda foram algumas das jogadoras que se destacaram neste processo. Zé Roberto comentou sobre a temporada da seleção. 

“Foi um ano muito importante em termos de trabalho e resultado para essa nova geração. A temporada foi especial, onde esse grupo se dedicou muito. Elas entraram de cabeça no projeto e com um foco muito grande.

Esse é o caminho, mas ainda temos muito trabalho pela frente. Ainda apresentamos alguns altos e baixos e precisamos de mais regularidade. Tivemos um ótimo ano e esse grupo está de parabéns”, afirmou  o treinador. 

Copa dos Campeões

Tóquio (Japão)

05.09 (terça-feira) – Brasil 3 x 1 Rússia (25/17, 23/25, 25/23 e 25/12) 

06.09 (quarta-feira)– Brasil 2 x 3 China (20/25, 12/25, 25/20, 25/23 e 17/19)

Nagoya (Japão)

08.09 (sexta-feira) – Brasil 2 x 3 Japão (18/25, 27/25, 15/25, 25/16 e 6/15) 

09.09 (sábado) – Brasil 3 x 0 Coréia do Sul (25/15, 25/10 e 25/23)

10.09 (domingo) – Brasil 3 x 0 Estados Unidos (25/20, 25/23 e 25/19)