Fluminense massacra Universo e avança à decisão do Carioca Feminino de Vôlei

Atual campeão carioca, Tricolor fará reedição da última final contra o Sesc RJ

Fluminense massacra Universo e avança à decisão do Carioca Feminino de Vôlei
Foto: Mailson Santana/FFC
Fluminense
3 0
Universo

O Fluminense foi a segunda equipe a confirmar presença na decisão do Campeonato Carioca Feminino de Vôlei. Jogando no Ginásio João Coelho Netto, nas Laranjeiras, o Tricolor passou facilmente pelo Universo, por 3 sets a 0, com parciais de 25/16, 25/14, 25/12, nesta terça-feira (3).

O resultado credencia o Time de Guerreiras a disputar a decisão contra o Sesc RJ, que na última segunda (2) derrotou o Botafogo na primeira semifinal. Fluminense e Sesc RJ, inclusive, foram os finalistas da última edição do campeonato. Na oportunidade, o Tricolor bateu de virada o time comandado pelo técnico Bernardinho por 3 sets a 2, parciais 25/23, 13/25, 21/25, 25/20 e 16/14, e conquistou o título do Campeonato Carioca.

A decisão será disputada em dois jogos. O primeiro confronto acontecerá no Ginásio do Tijuca Tênis Clube, na próxima quinta-feira (5), às 19h30. Já a partida decisiva terá o Ginásio Hebraica como palco, no domingo (8), às 21h. Com 27 conquistas, o Fluminense é o maior campeão estadual, seguido justamente do Rio, com 12. 

Depois de um acordo com a Federação de Vôlei do Rio de Janeiro, Sesc RJ e Fluminense ingressaram na competição apenas na fase decisiva. Antes, visando a preparação para o Estadual e Superliga, o Tricolor disputou uma série de amistosos contra o Praia Clube, e participou da Copa Gatorade, no Peru. 

O técnico Hylmer Dias comentou sobre a estreia do Fluminense na competição carioca. "Começamos bem, sempre respeitando o adversário e felizes neste reencontro com a torcida. Vamos ajustar alguns pontos, focar na final contra o SESC-RJ, que é um time vencedor, mas buscamos o bicampeonato e vamos brigar pelo título", disse. 

A líbero Sassá também analisou o desempenho do time, e ressaltou que, apesar da vitória tranquila, a equipe ainda tem alguns detalhes a melhorar. "Começamos com o pé direito. Conseguimos a vaga na final, temos alguns aspectos a melhorar, mas estamos cientes do nosso potencial.  Mais uma briga, mais um título e tem tudo para ser emocionante. Queremos o apoio da torcida tricolor", declarou. 

Vôlei