Osasco vence Brasília e mantém invencibilidade em casa na Superliga Feminina

Time paulista não perde no ginásio José Liberatti há 25 jogos pela competição nacional

Osasco vence Brasília e mantém invencibilidade em casa na Superliga Feminina
Foto: Divulgação/Twitter

Nesta sexta-feira (10), um duelo de opostos na tabela da Superliga Feminina 2017/2018 ocorreu no ginásio José Liberatti, na cidade do Osaco, em São Paulo. Vôlei Nestlé e Brasília se enfrentaram pela sexta rodada da competição almejando objetivos diferentes. O time da casa levou a melhor e venceu por 3 sets a 0 (25/19, 25/21 e 25/15).

O Osasco sofreu sua primeira derrota na competição ao ser superado pelo Fluminense na rodada anterior por 3 a 2. Terceiro colocado com 12 pontos ganhos, o time paulista precisava da vitória para se manter invicto em casa e não desgrudar da briga na parte de cima da tabela. Pelo lado do Brasília, a situação era um pouco diferente. Nono colocado com quatro pontos conquistados e vindo de derrota para o Praia Clube por 3 a 0, a equipe tentava seu primeiro triunfo fora de casa no torneio.

Na próxima rodada a equipe do Osasco visita o Vôlei Bauru. A partida acontece no ginásio Panela de Pressão, na terça-feira (14), às 19h30. Já o Brasília Vôlei enfrenta o Sesc-RJ no ginásio Sesi Taguatinga, em Brasília, também na terça-feira (14), às 20h.

Resumo da partida

Com um começo equilibrado de partida, o fundamento que fez a diferença no set em favor do time da casa foi o ataque. Atuando com o passe na mão, o Osasco abriu pequena vantagem e administrou o marcador com bolas de meio e nas diagonais. Procurando parar seu adversário, o Brasília forçava o saque. No entanto, com um time ainda inexperiente, em determinados momentos da etapa faltava confiança ao visitante.  Se aproveitando da falta de experiência do adversário, o Osasco fechou o set em 25 a 19 e saiu na frente do placar.

Arriscando mais no segundo período, a confiança que faltava ao Brasília no começo do duelo apareceu na volta para o segundo set. A equipe da capital do país evoluiu nos fundamentos e abriu grande vantagem no marcador no início. Ao Osasco, restava recuperar a concentração para não deixar o adversário empatar a partida. E foi isso que aconteceu. 

A equipe do técnico Luizomar Moura voltou a atacar bem e não demorou para virar o placar na etapa. Apesar da melhora e resistência do Brasília, o time abusou dos erros e no fim viu as paulistas fecharem o set em 25 a 21, ficando assim mais próximas da vitória no confronto.

O terceiro set evidenciou a diferença técnica grande entre as equipes. Embalado pela recuperação na etapa anterior, o Osasco começou em cima do adversário e novamente com o fundamento de ataque como destaque, comandou o placar do início ao fim. O Brasília, por sua vez, procurou resistir e lutou bravamente mas pouco pode fazer para evitar a derrota.

Comandadas pela oposta Tandara, maior pontuadora do torneio até o momento, o time paulista não teve dificuldades no período derradeiro e fechou o set em 25 a 15, fez 3 sets a 0 no placar e conquistou a quinta vitória em seis jogos na Superliga.