Sesc-RJ atropela Brasília Vôlei e assume liderança provisória da Superliga Feminina

Equipe carioca não toma conhecimento do rival brasiliense e emplaca sétima vitória consecutiva na competição

Sesc-RJ atropela Brasília Vôlei e assume liderança provisória da Superliga Feminina
(Foto: Divulgação/Sesc-RJ)
Brasília Vôlei
0 3
Sesc-RJ

Na noite desta terça-feira (14), o invicto Sesc-RJ foi ao Ginásio Sesi Taguatinga, no DF, enfrentar o BRB Brasília Vôlei. Em quadra, duas equipes em situações opostas: enquanto o time carioca, vice-líder, buscava a sétima vitória consecutiva, o time da capital federal, nono na classificação, precisava da vitória para espantar a má fase.

Confirmando o favoritismo, as cariocas não deram chance ao time brasiliense. Com uma atuação coletiva impecável, o Sesc-RJ não tomou conhecimento do rival e venceu por 3 sets a 0, parciais de 25/17, 25/18 e 25/18. O Troféu Viva Vôlei foi dado à líbero Fabi, que fez grandes defesas ao longo da partida.

A central Vivian, ex-jogadora do Brasília e hoje no Sesc-RJ, falou sobre a sensação de enfrentar a antiga equipe e retornar ao ginásio por onde atuou parte de sua carreira.

"Pra mim foi muito especial estar aqui de volta. Eu gosto muito daqui e tenho um carinho muito especial. Eu acredito que estamos nos superando, muitas pessoas novas, se encaixando. É bom ver a evolução da equipe ao longo do tempo", afirmou Vivian.

O treinador Bernardinho celebrou a vitória, mas afirmou que ainda há muito a melhorar: "Muito trabalho pela frente ainda. Estamos invictos, mas longe de estar na melhor forma. O importante é continuar conquistando pontos. Continuamos na luta e sabemos que tem um longo caminho pela frente ainda", pontuou.

Yonkaira Peña, recém-contratada pela equipe carioca, esteve presente no Ginásio Sesi Taguatinga, mas, ainda sem condições de jogo, não realizou sua estreia. É esperado que a ponteira dominicada esteja à disposição de Bernardinho na próxima rodada.

Com o triunfo, o time de Bernardinho assumiu a liderança provisória da Superliga, com 20 pontos somados. Isso porque o Dentil Praia Clube, que também está 100% no torneio, ainda não jogou na rodada. As mineiras entram em quadra ainda nesta terça-feira, às 21h30, contra o Camponesa/Minas. O Brasília Vôlei segue com apenas 4 pontos: campanha de cinco derrotas e apenas duas vitórias.

Na próxima rodada, a oitava, o Sesc-RJ recebe o Vôlei Bauru. Esta partida será realizada na sexta-feira (17), às 20h, no Ginásio do Tijuca Tênis Clube. O Brasília Vôlei, por sua vez, viaja até São Paulo, onde enfrenta o Hinode Barueri, dia 21.