Em jogo equilibrado, Hinode Barueri supera Bauru no tie-break pela Superliga Feminina

Com Jaqueline como destaque, time de Zé Guimarães venceu forte adversário fora de casa e conquistou o sexto triunfo na competição

Em jogo equilibrado, Hinode Barueri supera Bauru no tie-break pela Superliga Feminina
Foto: Neide Carlos/Vôlei Bauru
Vôlei Bauru
2 3
Hinode Barueri

Em jogo válido pela nona rodada da Superliga Feminina, o Hinode Barueri conquistou um importante fora de casa. Na tarde deste sábado (25), a equipe comandada por Zé Roberto Guimarães venceu o Vôlei Bauru, por 3 sets a 2 (25/22, 20/25, 20/25, 25/18 e 12/15), no Ginásio Panela de Pressão, em Bauru. 

O Barueri assumiu a terceira posição do torneio nacional, com 19 pontos conquistados (seis vitórias e três derrotas). A equipe azul volta às quadras na próxima sexta-feira (1), diante do Campeonesa/Minas, às 18h30 (de Brasília), em Uberlândia. Por sua vez, o Bauru enfrentará o Renata Valinhos, no dia 3 de dezembro, às 13h, no Panela de Pressão. O time bauruense é o nono colocado, com nove pontos. 

Com 23 acertos, a central Fê Isis, pelo Barueri, e a ponteira cubana Palacios, pelo Bauru, foram as maiores pontuadoras da partida. No entanto, quem ficou com troféu VivaVôlei CIMED, dado à melhor jogadora da partida, escolhida através de votação popular, foi a bicampeã olímpica Jaqueline

Resumo da partida 

As anfitriãs largaram melhor na partida, mostrando muita concentração e forte volume ofensivo. Entretanto, o Barueri buscou a recuperação e igualou o marcador em 11 a 11. Com o jogo equilibrado, os times passaram a trocar pontos, mas com o Bauru sempre à frete do placar. No final do período, apesar da melhora das visitantes, o time da casa manteve-se em vantagem, e fechou o período em 25 a 22. 

O Barueri retornou para o segundo set com muita vontade de buscar o empate. Superior no ataque, a equipe comandada por Zé Guimarães abriu 5 a 0 com muita tranquilidade, e soube administrar a vantagem até o final. Com Palacios virando todas as bolas, o Bauru reagiu e quase complicou para o Barueri, que vencia a parcial com tranquilidade. Mas o time azul recuperou o ímpeto ofensivo, e fechou a parcial em 25 a 20. 

A derrota no segundo período abalou o Bauru, que demorou para se encontrar no terceiro set. Enquanto as visitantes ditavam o ritmo da partida, o time da casa apresentava dificuldades no fundo de quadra. Por sua vez, o Barueri tinha o setor defensivo como melhor fundamento. E, assim, conseguindo controlar as rivais, viraram o placar: 25 a 20. 

O quarto período se apresentou como o mais equilibrado desde o início. Se por um lado o Barueri desejava vencer para fechar o jogo, as anfitriãs queriam forçar o tie-break. No entanto, na parte final da parcial, o Bauru encaixou uma boa sequência de saques com Palacios, enquanto Dayse e Andressa formavam um verdeiro paredão. Desta forma, as donas da casa abriram vantagem e empataram a partida: 25 a 18. 

No último set, as comandadas de Zé Guimarães, novamente, colocaram velocidade no início da parcial. Assim, o Barueri fez 10 a 7. No entanto, o Bauru  buscando a reação, e empatou a parcial (12/12). Porém, com pontos de Edinara e Jaqueline e um bloqueio duplo, as visitantes venceram o tie-break por 15 a 12.