Sada Cruzeiro vence Montes Claros de virada fora de casa e segue líder da Superliga Masculina

Time celeste fez 3 a 1 para cima do Pequi Atômico e permaneceu na ponta da tabela com dois jogos a mais que os demais times

Sada Cruzeiro vence Montes Claros de virada fora de casa e segue líder da Superliga Masculina
Foto: Junior Neves Brito
Montes Claros
1 3
Sada Cruzeiro
Montes Claros: Sandro, Alemão, Najari, Zanotti, Mesa, Guinter e o líbero Alan. Entraram Lorena, Luan, Vivalde, Rodrigo, Vanderson e Cristiano Torelli. Técnico: Francisco Santos
Sada Cruzeiro: Nico Uriarte, Evandro, Filipe, Leal, Simon, Isac e o líbero Serginho. Entraram Fernando Cachopa, Alemão e Lukinhas. Técnico: Marcelo Mendez
Placar: 32/30, 21/25, 15/25 e 17/25.
INCIDENCIAS: Jogo válido pela oitava rodada da Superliga Masculina de vôlei, disputada no Tancredo Neves, em Montes Claros, no dia 25 de novembro.

A menos de um mês da disputa do Mundial de Clubes, do qual vai defender o título e buscar sua terceira conquista, o Sada Cruzeiro segue atuando bem na Superliga Masculina. Nesse sábado (25), a equipe visitou o Montes Claros, no Tancredo Neves, e venceu por 3 a 1  de virada, com as parciais 32/30, 21/25, 15/25 e 17/25. A partida foi válida pela oitava rodada da competição nacional.

Com a vitória, o Cruzeiro segue na liderança da competição, agora com 27 pontos. A equipe celeste tem dois jogos a mais que o vice-líder Sesc, porque antecipou os duelos contra Sesi e Taubaté pela participação no Mundial em dezembro. Na próxima rodada, enfrenta o Vôlei Renata, no dia 2 de dezembro, às 19h, fechando sua participação no primeiro turno da Superliga.

Já o Montes Claros caiu para a 10ª posição, permanecendo com cinco pontos. A equipe do Norte do estado venceu apenas um dos oito jogos que fez e perdeu os outros sete. Enfrenta agora o Sesc RJ em casa, no dia 29 de novembro, às 19h. O time carioca é o vice-líder e vive uma situação oposta à do Pequi Atômico: venceu sete partidas e perdeu uma na Superliga até então.

No jogo desse sábado, o Montes Claros venceu o primeiro set por 32 a 30, abrindo o marcador com 1 set a 0. Depois, emplacaram 21/25, 15/25 e 17/25, fechando o duelo no Tancredo Neves. O central Isac foi eleito o melhor em quadra e levou o troféu Viva Vôlei. Ele marcou 17 pontos, em que seis foram de bloqueio, e foi o maior pontuador do jogo ao lado de Leal, do Cruzeiro, e Zanotti, do Montes Claros.

“Como esperávamos, foi um jogo bem difícil. Apesar da vitória não ter aparecido, Montes Claros vem jogando bem e em muitos momentos nós fomos pressionados. Nosso time soube se adaptar, jogar sob essa pressão e o grupo está de parabéns, pois estamos nos superando. Fico feliz por receber mais esse troféu. Minha função é atacar e bloquear e hoje pude fazer bem feito e ajudar o time”, apontou Isac.