Sesc RJ derrota Montes Claros e segue na vice-liderança da Superliga

Cariocas permanecem na cola do líder Cruzeiro e mineiros sofrem sétima derrota seguida na competição

Sesc RJ derrota Montes Claros e segue na vice-liderança da Superliga
Tentativa de ataque da equipe do Montes Claros (Foto: Leticia Soares/MOC Vôlei)
Montes Claros
0 3
Sesc RJ

Em partida válida pela nona rodada da Superliga Masculina 2017/2018, o Montes Claros recebeu o Sesc RJ, na noite desta quarta-feira (29), no ginásio Tancredo Neves, em Minas Gerais. Os cariocas venceram os mineiros por 3 sets a 0, com parciais de 27/25, 25/17 e 25/23. O ponteiro Japa ganhou o troféu Viva Vôlei.

Com a vitória, o Sesc RJ continua na vice-liderança, com 25 pontos. Já o Montes Claros é o décimo colocado, com cinco pontos. Na próxima rodada, a equipe carioca irá jogar em casa, contra o Campinas, na Jeunesse Arena, na quinta-feira (7), às 21h45. O Montes Claros, por sua vez, enfrentará o Maringá, no ginásio Chico Neto, no Paraná, na quarta-feira (6), às 19h30.

Japa recebeu o troféu Viva Vôlei (Foto: Reprodução/Facebook Sesc RJ)

Donos da casa querendo jogo

Apesar da diferença na tabela, Sesc RJ e Montes Claros fizeram um jogo bem disputado, com o placar muitas vezes empatado. A primeira etapa foi disputada ponto a ponto do começo até o fim. A equipe mineira conseguiu abrir três pontos em um momento decisivo da parcial, quando o placar marcava 23/20. Mas o Sesc RJ empatou em 24/24 e por fim, venceu a etapa: 27 a 25.

No segundo set, a equipe da casa errou muito, principalmente no ataque. O placar marcava 14/6 para os cariocas. Com um erro de saque do Montes Claros, os comandados de Giovane Gávio distanciaram: 17/8. Os visitantes aproveitaram o momento ruim do adversário e dominaram a parcial. Foi a etapa mais desequilibrada da partida, que terminou em 25 a 17.

A terceira parcial foi mais equilibrada, mas não como a primeira. Com grande atuação de Maurício Borges e Japa, os cariocas mantiveram o ritmo para fechar a partida em 3 a 0. Em um erro de saque do ponteiro Najari, o Sesc RJ venceu por 25 a 23.