No retorno da Superliga, Camponesa/Minas recebe embalado Fluminense

Ainda sem contar com a ponteira norte-americana Sonja Newcombe, equipe mineira aposta no recente retrospecto contra o tricolor para interromper sequência positiva do adversário

No retorno da Superliga, Camponesa/Minas recebe embalado Fluminense
Foto: Orlando Bento / Minas Tênis Clube

Após um período de descanso para as festas de final de ano, a Superliga Feminina volta com força máxima nesta terça-feira (9). Um dos confrontos de maior destaque será o embate entre Camponesa/MinasFluminense, quarto e quinto colocado, respectivamente. A partida está marcada para a Arena Minas Tênis Clube, às 20h (de Brasília).

Nesta temporada o Minas superou o Fluminense em três oportunidades. Pela Copa Gatorade, torneio de pré-temporada disputado no Peru, em setembro, vitória por 3 sets a 1. Já no turno da Superliga, não teve grandes dificuldades para fazer 3 sets a 0, em pleno no Rio de Janeiro. Pela Copa Brasil, um novo 3 sets a 1 a favor da equipe mineira eliminou as cariocas da competição. 

Para embolar briga na tabela, Minas busca vitória em confronto direto 

O Minas iniciou a temporada 2017/2018 da Superliga com duas derrotas nos dois primeiros jogos dentro de casa. A reabilitação veio justamente contra o Fluminense, adversário desta terça. Na oportunidade, o time mineiro superou as cariocas por 3 sets a 0 em pleno Rio de Janeiro. Desde então, a equipe da Rua da Bahia conquistou sete triunfos e perdeu em mais três oportunidades, sendo duas delas para os líderes da competição (Praia Clube e Sesc-RJ), ambas na Arena Minas.

Para subir na tabela, a equipe minastenista sabe da importância de fazer uma boa campanha em casa. Ao final da fase classificatória, apenas as oito melhores equipe avançam aos playoffs. O time ainda não deve contar com a ponteira norte-americana Sonja Newcombe. Capitã do Minas, a central Carol Gattaz reconheceu o bom momento das adversárias e projetou um duelo equilibrado.  

 “Estamos há alguns dias sem jogar. Voltar da folga, após as festividades do fim do ano, e enfrentar um time em crescimento, como o Fluminense, não será fácil. Esperamos entrar em quadra e fazer o melhor para conquistar mais uma vitória. Será um jogo difícil”, comentou Gattaz. 

Fluminense terá o primeiro teste de fogo após arrancada

Assim como o adversário desta noite, o Fluminense também teve um início instável na Superliga, chegando a sofrer três derrotas seguidas. No entanto, desde a derrota no clássico diante do Sesc-RJ, o time das Laranjeiras não sabe o que é perder na competição. São sete vitórias seguidas, invencibilidade menor apenas do que a do líder Praia Clube, que ainda não sofreu nenhum revés.

Nesta recuperação do Fluminense pode-se destacar a ponteira Thaisinha, sacadora mais eficiente do torneio, com 17 aces, mesmo número de Tandara, do Osasco, que fica em desvantagem no critério de desempate. Thaisinha é também a quinta melhor pontuadora da competição, com 183 acertos.

"Nossa primeira parte da Superliga foi muito boa, com nove vitórias e brigando na parte de cima da tabela. Para um time que está em seu segundo ano na Superliga é muito bacana. Treinamos forte, apesar a pequena pausa no Natal e agora voltamos de vez. Esperamos continuar enfrentando todos de igual pra igual, respeitando a todos e sabendo das enormes dificuldades de um campeonato tão longo", analisou o técnico Hylmer Dias.

Serviço da partida 

Os ingressos para o jogo estão à venda pela internet. Os associados do Minas também podem comprar o ingresso nas Centrais de Atendimento das Unidade I e II. No dia do jogo, a bilheteria da Arena será aberta às 18h30. Os valores são R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada). Sócios do Clube, crianças com idade entre 6 e 12 anos, maiores de 60 anos e estudantes, mediante apresentação de documento, pagam meia-entrada.