Sada Cruzeiro vence Ponta Grossa Caramuru e mantém liderança isolada na Superliga Masculina

Time celeste entrou em quadra com algumas mudanças e venceu mais uma em casa, impondo a quarta derrota consecutiva à equipe paranaense

Sada Cruzeiro vence Ponta Grossa Caramuru e mantém liderança isolada na Superliga Masculina
Foto: Renato Araújo/Sada Cruzeiro
Sada Cruzeiro
3 0
Ponta Grossa Caramuru
Sada Cruzeiro: Fernando Cachopa, Evandro, Leal e Filipe, Simon e Éder e o líbero Serginho. Entraram Nico Uriarte, Alemão e Pablo. Técnico Marcelo Mendez.
Ponta Grossa Caramuru : Índio, Leozão, Leo, Cris, Rubbo, Thales e o líbero Bruninho. Entraram Da Silva, Maycon, Junior e Gustavo. Técnico: Victor Hillmann.
Placar: 1-0, 25/16 || 2-0, 31/29 || 3-0, 25/23.
INCIDENCIAS: Jogo válido pela quarta rodada do returno da Superliga Masculina 2017/18, disputadO no ginásio Riacho, em Contagem (MG).

Embalado pela conquista da Copa Brasil, o Sada Cruzeiro chegou ao terceiro triunfo seguido na Superliga Masculina. Na noite deste sábado (3), a equipe celeste derrotou o Ponta Grossa Caramuru, por 3 sets a 0 (25/16, 31/29 e 25/23) no ginásio Riachão, em Contagem. A partida foi válida pela 15ª rodada do certame nacional.  

O técnico Marcelo Mendez usou a partida para rodar o elenco, dando oportunidade a alguns jogadores que vinham pedindo passagem. As novidades foram Fernando Cachopa no comando do levantamento e Éder Levi ao lado de Simon, no meio de rede.

 O oposto Evandro foi o maior pontuador da noite, com 19 acertos, sendo cinco pontos somente no bloqueio. Além disso, Evandro foi eleito o melhor atleta da partida e recebeu o troféu VivaVôlei.

“A gente fez um primeiro set muito bom. No segundo e no terceiro cometemos alguns erros e eles também sacaram muito bem. Mas nos momentos decisivos nós conseguimos definir e o principal é ter conseguido essa vitória e garantido os três pontos em casa. A competição está entrando na reta final e precisamos manter um crescimento”, analisou o oposto. 

Com o resultado, o Cruzeiro se manteve na liderança do certame nacional, agora com 43 pontos (quatro à frente do vice-líder, Sesc-RJ). Como teve o jogo contra o Lebes/Canoas adiantado ( vitória por  3 sets a 0), o time comandado pelo técnico Marcelo Mendez voltará à quadra somente no dia 16, diante do JF Vôlei, novamente no ginásio do Riacho, em Contagem.

Sem saber o que é vencer vencer um set desde o dia 15 de dezembro, quando derrotou o Montes Claros por 3 a 0 fora de casa, o Caramuru ocupa a décima colocação, com 11 pontos somados. O time paranaense voltará a jogar na próxima quinta-feira (8), quando vai enfrentar o Sesc-RJ, no Rio de Janeiro.