Liga dos Campeões: Messi e Ozil fazem hat-trick; Arsenal aplica «chapa» 6; Besiktas vence em Nápoles

A terceira jornada da Liga dos Campeões fica marcada pelo triunfo do Barcelona sobre o City por 4-0, com três golos de Messi, a goleada do Arsenal ao Ludogorets, e o triunfo do Besiktas em Nápoles.

Liga dos Campeões: Messi e Ozil fazem hat-trick; Arsenal aplica «chapa» 6; Besiktas vence em Nápoles
Liga dos Campeões: Messi e Ozil fazem hat-trick; Arsenal aplica «chapa» 6; Besiktas vence em Nápoles

Foi o «prato principal» desta noite da Liga dos Campeões, em encontro do grupo C, Camp Nou encheu para ver o Barcelona receber o Manchester City de Pep Guardiola, que «regressou a casa». Só que a equipa catalã não teve condescendência para com o seu antigo técnico, vencendo por expressivos 4-0. Figura da partida Messi com três golos, cabendo a Neymar fechar as contas do marcador, ele que ainda teve tempo de falhar uma grande penalidade.

Pelo meio uma expulsão para cada lado, Claúdio Bravo, que rumou este ano ao City proveniente do Barça não teve uma noite feliz neste regresso à Catalunha, o guarda-redes viu o vermelho directo após defender com as mãos fora da área um remate de Luís Suárez. No lado «blaugrana» foi o central Mathieu que havia entrado para o lugar do lesionado Pique, a ser expulso com um duplo cartão amarelo.

No outro desafio do grupo na Escócia, o Celtic não foi capaz de rivalizar com os alemães do Borussia Moenchengladbach, que venceram por 0-2. Dois golos já na segunda parte marcados por Lars Stindl e André Hahn, deram o primeiro triunfo nesta edição da liga milionária aos germânicos. Contas feitas o Barcelona lidera com nove pontos, seguido do City com quatro, o Borussia três e o Celtic um.

No grupo A triunfo dos favoritos Arsenal e Paris Saint-Germain, sobre o Ludogorets e Basileia, respectivamente. Em Londres os «gunners» não deram a mínima chance à formação da Bulgária, goleando por 6-0. Alexis SanchezTheo Walcott e Alex Oxlade-Chamberlain fizeram um golo cada, antes de surgir a figura da partida, o alemão Mesut Ozil com um hat-trick.

Em França o PSG bateu o Basileia por 3-0 com golos de Dí Maria, Lucas Moura e Cavani na marcação de uma grande penalidade. Franceses e ingleses repartem a liderança com sete pontos, e caso somem novos triunfos na próxima jornada garantem já o apuramento, isto porque Basileia e Ludogorets têm apenas um ponto obtido.

No grupo B, o Benfica foi a Kiev vencer o Dínamo por 0-2 com golos de Sálvio de grande penalidade e Cervi, mas a grande surpresa veio de Itália onde o Nápoles foi surpreendido pelo Besiktas, sendo derrotado por 2-3. Adriano deu vantagem aos turcos e Mertens restabeleceu o empate, só que ainda antes do intervalo Aboubakar, deu nova vantagem ao Besiktas.

No início da segunda parte, Insigne falhou o 2-2 ao desperdiçar uma grande penalidade, erro que o seu colega Gabbiadini, não cometeu repondo a igualdade. Só que a noite era de Aboubakar, o avançado emprestado pelo FC Porto fez o 2-3 final, a quatro minutos dos 90' e deixa assim o Besiktas na segunda posição do grupo com cinco pontos, menos um que o Nápoles que lidera e mais um que o Benfica terceiro classificado. O Dínamo Kiev é último com apenas um ponto.

Finalmente no grupo D o Bayern Munique derrotou sem problemas o PSV Eindhoven por 4-1. Thomas Mueller abriu a contagem, que foi ampliada por Kimmich só que já perto do intervalo Narsingh reduziu para os holandeses. Na segunda parte os alemães acabaram com as dúvidas com um golo de Lewandowski e Arjen Robben. Na Rússia um golo de Ferreira-Carrasco ao minuto 62' chegou para o Atlético Madrid bater o Rostov por 0-1. Nas contas do grupo os madrilenos lideram com nove pontos, seguidos do Bayern com seis, com PSV e Rostov a serem últimos com um ponto.