Espanha : Atlético preparado para o derbi

Será o último derbi no atual Vicente Calderón, pois vai ser construído outro estádio. Neste momento o atlético tem 21 pontos e o Real Madrid comanda a classificação com mais seis.

Espanha : Atlético preparado para o derbi
Atlético preparado para o derbi

É às 19:45 horas que  Atlético e Real Madrid se vão encontrar no Vicente Calderón. No que a estatísticas diz respeito e no estádio do Atlético, jogaram-se 79 partidas com os “Colchoneros” a vencerem 24, o Real a ganhar 33 e empataram 22.

Quem está em dúvida para o derbi é Griezmann. O jogador recebeu autorização da seleção francesa para deixar a concentração depois de ter sofrido um hematoma no pé esquerdo,  mas tudo indica que estará apto para o derbi com o Real Madrid no este sábado. Griezmann lesionou-se ao minuto 88 da vitória dos franceses ante a Suécia na passada sexta-feira.

Depois de ter jogado pela Eslovénia em Malta, Jan Oblak foi dispensado do jogo de segunda-feira, com a Polónia, e vai recuperar em Madrid. “Se não fossem estes problemas nas costas talvez tivesse continuado na seleção. Tenho queixas e preciso de descansar. Agradeço que me deixem regressar para recuperar, especialmente porque há um grande jogo no próximo fim-de-semana e quero jogar ao melhor nível” explicou o guarda-redes esloveno na altura. O guardião é o pior pesadelo de Cristiano Ronaldo, sem contar com grandes penalidades, o português apenas por uma ocasião conseguiu bater o esloveno. Foi na partida da Taça do Rei no Santiago Bernabéu no empate a dois que deu a qualificação ao Atlético a 15 Janeiro de 2015.

A grande figura desse jogo foi Fernando Torres que marcou por duas vezes, recorde-se que na primeira mão os “Colchoneros” venceram por 2-0. Em sete ocasiões o jogador luso ficou em branco. Em declarações à radio Cadena SER, no programa “El larguero”, o médio Koke refere que quer ganhar. “Não temos pressão e temos vontade e esperança na vitória”. E deixa mensagens de amor eterno ao clube. “Sempre desejei jogar no Atlético, sou um afortunado. É complicado que jogue por outra equipa em Espanha, seria estranho jogar contra o Atlético”. Juanfran, lateral, acredita fielmente na vitória. “Será o último derbi no Calderón e será especial para nós. Sentimos que vamos ganhar. Somente pensamos em ganhar”.

O capitão do Atlético, Gabi, acha que não há favoritos e que o jogo é muito importante para a cidade e para o país. Quando interrogado sobre o melhor jogador do Real não tem dúvidas. “Com a chegada de Modric recuperam o seu melhor jogador, faz a equipa jogar e dá-lhe equilíbrio. Nós vamos tentar travá-lo.” Quanto ao seu derbi favorito escolhe o de 2014/15 em que os “Rojiblancos” venceram por 4-0. “Para além do resultado fomos muito superiores. Foi uma partida bonita.” Já Fernando Torres prefere enaltecer o clube e os seus jogadores. “Este clube representa valores que são úteis na vida: trabalho, esforço, sacrifício, saber que nada somos sem o grupo. Quando te esforças, as coisas sabem melhor. É isso que ensinam aqui. Passam-nos valores como amizade e sacrifício que vão ser úteis na vida e uma base sólida para o futuro. Pouco se pode dizer aos miúdos porque não há motivação maior do que fazer parte deste clube. O meu objetivo era jogar no Vicente Calderón, era um sonho.”

Quem está de regresso é Nico Gaitán, ex-jogador do Benfica, o jogador voltou aos  treinos do Atlético Madrid sem limitações e estará à disposição de Diego Simeone. O extremo argentino de 28 anos está assim recuperado da lesão contraída durante o jogo com o Málaga, a 29 de outubro, no qual foi substituído à passagem do minuto 31. Gaitán disputou nove jogos esta época, quatro como titular, e marcou dois golos, ambos frente ao Granada.

Simeone acha que a diferença entre Atlético e Real foi-se esbatendo. “Mudámos a tendência com persistência, tendo sempre presente as nossas virtudes e defeitos. Antes sabíamos que éramos inferiores ao Real Madrid, agora jogamos de igual para igual”. E dá o repto para vencer. “Temos que disputar a partida com muita intensidade e respeitar o adversário”.

Já no que diz respeito ao onze é muito provável que a equipa titular seja constituída por: Oblak ; Juanfran, Savic, Godin, Filipe Luís; Saúl, Gabi, Koke, Carrasco; Griezmann e Gameiro. O jogo será arbitrado por Fernández Borbalán.