Horror em Medellin: 76 vítimas mortais e apenas 5 sobreviventes

O avião onde viajava a comitiva do Chapecoense despenhou-se, e as autoridades colombianas confirmaram que, dos 81 viajantes, apenas 5 sobreviveram.

Horror em Medellin: 76 vítimas mortais e apenas 5 sobreviventes
O futebol está de luto // Foto: Facebook Associação Chapecoense de Futebol

O clube brasileiro Chapecoense estava a caminho da Colômbia para disputar a final da Taça Sul Americana de futebol, mas a viagem viria a conhecer contornos trágicos. O avião onde seguiam 81 tripulantes sofreu um grave acidente e perderam a vida 76 pessoas, 72 das quais pertenciam à comitiva do clube canarinho. Dos 5 sobreviventes, 3 deles são jogadores do emblema brasileiro, faltando ainda apurar as razões de tamanha tragédia. De salientar ainda que uma das vítimas, o treinador da equipa, Caio, já jogou em Portugal ao serviço do Vitória SC, Estrela da Amadora e Belenenses.

O guardião Marcelo Boeck, que já alinhou no Sporting, não viajou com a equipa e escapou ao terrível acidente, mas o futebol mundial está de luto e dificilmente esquecerá este triste episódio.