A equipa do ano da FIFA 2016: o «intruso» alemão no domínio espanhol

Barcelona, Real Madrid e Bayern Munique, assim se resume a equipa do ano para a FIFA. Na gala apenas compareceram sete jogadores, dado que os quatro representantes do Barcelona faltaram à cerimónia.

A equipa do ano da FIFA 2016: o «intruso» alemão no domínio espanhol
Equipa do ano contou só com 7 jogadores (Foto: barcablaugranes.com)

O futebol espanhol domina o panaroma futebolistico e se dúvidas ainda existiam, a eleição da equipa do ano de 2016 da FIFA tirou-as todas. Ao todo são dez jogadores, que alinham no Barcelona e Real Madrid, o «intruso» é o alemão Manuel Neuer, guarda-redes do Bayern Munique. De resto o germânico repete a «titularidade» nesta escolha pelo quarto ano consecutivo, depois de vencer campeonato e taça.

Com os catalães a vencerem todos os troféus interinos e os «merengues» a conquistarem as provas internacionais, as escolhas eram mais que óbvias em elementos destes plantéis. No entanto esta Gala da FIFA, ficou marcada pela ausência dos jogadores do Barcelona, tendo dado o argumento de terem o jogo frente ao Atlético Bilbao, para a Taça do Rei esta quarta-feira. Atitude que caiu mal no orgão máximo do futebol mundial.

Na defesa o quarteto é composto por Sérgio Ramos e Marcelo do Real, Gerard Piqué e Daniel Alves do Barcelona, sendo que o brasileiro, mudou-se esta época para a Juventus. Destes quatro só o central catalão é a novidade em relação ao ano anterior por troca com Thiago Silva do Paris Saint-Germain. Piqué regressa ao onze que já não ocupava desde 2012.

No centro do terreno existe também só uma alteração a 2015, com Paul Pogba actualmente no Manchester United a dar o seu lugar a Toni Kroos do Real Madrid, com Luka Modric também do Real e Andrés Iniesta do Barcelona, que desde 2009 está neste lote, a completar o trio do meio-campo. Na frente de ataque só há vaga para um, dado que os outros dois postos são ocupados por Leonel Messi do Barcelona e Cristiano Ronaldo do Real Madrid, que têm lugar cativo neste onze desde 2007. Este ano o terceiro elemento é o companheiro do argentino nos «blaugrana», Luis Suárez.