Colômbia e Japão reencontram-se quatro anos depois

Depois de terem medido forças no Campeonato do Mundo de 2014 no Brasil, colombianos e japoneses voltam a encontrar-se na maior prova do futebol mundial. Ao contrário do último embate, as duas equipas encontram-se na primeira jornada, com mais dois jogos pela frente

Colômbia e Japão reencontram-se quatro anos depois
Foto: Fifa.com

Se houve equipa que tenha deixado a sua marca no mundial de 2014, essa equipa foi sem dúvida a Colômbia. Com um futebol alegre e ofensivo, os cafeteros foram apenas parados pelo anfitrião Brasil, num jogo extremamente disputado. Quatro anos volvidos os sul-americanos querem dar continuidade à boa imagem deixada em 2014, procurando agora chegar ainda mais longe na competição.

Apesar do teórico favoritismo no grupo, os comandados de Jose Peckerman estarão certamente avisados para os perigos que constituem os seus adversários. Com efeito, e apesar de não fazerem propriamente parte da lista de candidatos à conquista do torneio, apresentam armas suficientes para discutirem o apuramento.

Um desses adversários é o Japão. Apesar de terem feito a sua estreia em mundiais apenas em 1998, os nipónicos nunca mais falharam uma qualificação para o campeonato do mundo, sendo assim uma equipa com experiência em fases finais.

Para além disso, o sorteio ditou que o primeiro adversário dos Samurais fosse precisamente a Colômbia, equipa que há quatro anos deitou por terra as aspirações de qualificação dos japoneses com um claro triunfo por 4-1. Será assim um Japão motivado em vingar a derrota do último campeonato do mundo aquele que vai subir ao relvado do Mordovia Arena em Saransk.

Este será o quarto embate entre asiáticos e sul-americanos. A estreia deu-se em 2003 na Taça das Confederações, com vitória colombiana por 1-0, seguiu-se um empate em 2007 numa partida particular, e ainda o supracitado triunfo da Colômbia no mundial de 2014.

Esta terça-feira, às 13h, veremos a diferença que fazem quatros anos.