Ligue 1: os lusitanos que brilham pelo Mónaco

No rescaldo da vitória do Mónaco frente ao Bastia, destaque para o contributo da armada lusa na campanha incrível na liga francesa.

Ligue 1: os lusitanos que brilham pelo Mónaco
Bernardo Silva e João Moutinho são duas das estrelas do Mónaco de Leonardo Jardim.

Na passada Terça-Feira, o Mónaco de Leonardo Jardim bateu o Bastia por duas bolas a zero com Bernardo Silva a fazer o gosto ao pé por uma vez. O emblema gaulês registou uma recuperação notável e ocupa a segunda posição do campeonato, só atrás dos astros do PSG.  

 

5 portugueses escrevem epopeia em França 

A contar para a liga francesa, o Mónaco orientado por Leonardo Jardim escolheu para o 11 inicial os lusos Ricardo Carvalho, Fábio Coentrão, João Moutinho e Bernardo Silva tendo lançado Hélder Costa no decorrer do duelo diante o Bastia. Este triunfo de 2-0 serviu também para apadrinhar a estreia do reforço de inverno, Vagner Love mas o foco principal vai para o jovem prodígio Bernardo Silva. O internacional das quinas protagonizou uma exibição de luxo que culminou com o segundo tento dos monegascos. Em 24 jornadas o Mónaco ja amealhou 42 pontos ocupando o 2º lugar da Ligue 1. O inicio da temporada foi complicado mas o trabalho incansável de Leonardo Jardim tem feito evoluir este colectivo que apenas tem à sua frente o todo poderoso PSG de Ibrahimovic. Até ao momento a equipa gaulesa ja marcou 35 golos tendo sofrido 28 tentos. O registo não é deslumbrante, mas perante um plantel que tem sofrido tantas modificações não deixa de ser razoável. Longe são os tempos em que James Rodríguez e Radamel Falcao brilharam no emblema francês tornando o Mónaco num verdadeiro candidato ao título. Apesar de se encontrar na 2º posição no campeonato, a equipa de Leonardo Jardim encontra-se já a 21 pontos da liderança sem grandes hipóteses de sonhar com a conquista da Ligue 1.

Leonardo Jardim, o estratega da armada lusa.
Leonardo Jardim, o estratega da armada lusa.

Esta extraordinária campanha da equipa mais portuguesa da Europa tem surpreendido a crítica francesa, no sentido em que é evidente o mérito que Leonardo Jardim tem tido para construir tacticamente um colectivo que apesar de ter potencial está longe de ter o talento de outros tempos. No último reduto a veterania de Ricardo Carvalho tem sido fundamental para comandar a juventude dos seus companheiros e nem mesmo os 38 anos do central o impedem de efectuar os famosos cortes que tantas alegrias deram aos apaixonados do futebol. No meio-campo, o pulmão da equipa é sem dúvida João Moutinho que defende, ataca e distribui o esférico para os companheiros como poucos em toda a Europa. Finalmente, a estrelinha talentosa que Bernardo Silva tem não passa despercebida nos palcos franceses tratando-se já num caso sério de técnica, perícia e um talento inato para o desporto rei. O jogador formado no Benfica é o melhor marcador do Mónaco com 5 tiros certeiros, sendo um dos principais precursores da estrondosa recuperação dos monegascos na principal liga gaulesa. O lateral Fábio Coentrão e os atacantes Hélder Costa e Ivan Cavaleiro têm sido também importantes para o rendimento da equipa compondo uma armada portuguesa que tem vindo a conquistar aos poucos o futebol francês. Tanto João Moutinho como Bernardo Silva estiveram em destaque na imprensa italiana, uma vez que ao que tudo indica a Juventus tem manifestado interesse em contratar os dois jogadores lusos, podendo avançar com uma proposta milionária na próxima reabertura do mercado. O estratega, Leonardo Jardim foi falado para treinar o FC Porto sendo já um caso sério no futebol gaulês que tem justificado a aposta do presidente que o contratou depois do treinador ter tido 1 ano fantástico no comando técnico do Sporting CP em 2013/2014.

Futebol Internacional