Dia 7 do Euro: Grupos B e C, tudo por decidir

A loucura do Euro em França continua na segunda jornada da fase de grupos, disputada esta quinta-feira, desta feita com o grupo C e metade do grupo B a entrarem em campo. Estes duelos resultaram numa conclusão simples: as decisões foram todas adiadas para a derradeira jornada.

Dia 7 do Euro: Grupos B e C, tudo por decidir
Dia 7 do Euro: Grupos B e C, tudo por decidir

Esta quinta-feira o Euro jogou-se, à semelhança do dia anterior, na 2ª jornada da fase de grupos. Depois de a Rússia e a Eslováquia terem entrado em campo no grupo B, foi a vez de Inglaterra e País de Gales disputarem os 3 pontos para fechar a jornada do grupo, num jogo que foi favorável aos ingleses. No grupo C, por sua vez, a Irlanda foi mais forte que a Ucrânia, enquanto que a Alemanha não mais conseguiu do que um empate frente à Polónia.

Grupo B: Inglaterra superior leva 3 pontos

Depois da Eslováquia ter vencido a Rússia quarta-feira, faltava o jogo que opôs Inglaterra e País de Gales para saber em que pé ficavam as contas do grupo, e se o apuramento dos Galeses seria consumado (dado que já somavam 3 pontos da primeira jornada). Ao início assim pareceu, e por momentos toda a nação Galesa sentiu o apuramento ao alcance - ao minuto 42 Bale marcou um livre direto e, qual habilidade qual quê, consumou o 0-1 para o País de Gales, que se manteve até ao intervalo e nos minutos iniciais da 2ª parte. 

A esperança era grande, mas a Inglaterra não quis deixar os vizinhos fazerem em festa: ao minuto 56, por intermédio de Vardy, os ingleses empataram o jogo, num lance que resultou de um passe acidental galês, que mais pareceu uma assistência. Assim parecia que ia ficar o jogo, mas os ingleses tinham mais uma surpresa guardada para o fim, não fosse este o Euro das "decisões ao minuto 90": Sturridge ampliou o resultado ao cair do pano, garantindo os 3 pontos aos ingleses.

Contas feitas, a Inglaterra segue à frente do grupo B, com 4 pontos, seguida de perto de País de Gales e Eslováquia, com 3, e deixando a Rússia para o fim da tabela, com 1 único ponto conquistado. 

Grupo C: Alemanha e Polónia tentaram, a Irlanda do Norte levou a melhor

No grupo C as emoções também estiveram ao rubro. A Ucrânia e a Irlanda do Norte foram as primeiras a entrar em campo, com a segunda selecção a levar a melhor com o seu jogo eficaz. A primeira parte chegou ao fim sem golos, mas a atitude com que os irlandeses entraram no 2º bloco de jogo garantiu-lhes cedo um golo: McAuley, aos 49 minutos, teve a destreza de enviar a bola para o fundo das redes  com um golo de cabeça que ditou a sua estreia a marcar no Euro, e que vale a pena rever. Apesar das tentativas ucranianas para equilibrar as contas a vitória acabaria de ser mesmo da Irlanda do Norte, que ainda esperou até ao fatídico minuto 90 para não deixar dúvidas quanto à vitória: McGinn fez o gosto ao pé e consumou a conquista dos 3 pontos.

No outro jogo do grupo, Alemanha e Polónia pararam os corações dos seus adeptos. Num jogo bem disputado, com ocasiões de parte a parte, destaque para uma Polónia que soube ter alma e fazer os alemães tremer, ficando diversas vezes perto do golo. Destaque para Milik, que no início da 2ª parte perdeu duas boas ocasiões. O que é certo é que os ímpetos ofensivos da Polónia, que a Alemanha tentou travar e igualar, em nada resultaram, ficando para a História um nulo neste duelo de titãs, que concedeu a ambas um ponto.

Posto isto, Polónia e Alemanha são as líderes do grupo C, ambas com 4 pontos depois de terem vencido na 1ª jornada. A Irlanda do norte segue de perto, com 3 pontos, ficando a Ucrânia em último lugar, sem qualquer ponto conquistado e sem possibilidade de garantir o apuramento (pelo menos pelas vias normais - recorde-se que os 3 melhores 3ºs lugares também serão apurados).