Dia 11: Grupo B - Inglaterra e País de Gales não querem surpresas

Inglaterra, País de Gales, Eslováquia e Rússia disputam hoje a sua continuidade em prova, num grupo que ainda está em aberto.

Dia 11: Grupo B - Inglaterra e País de Gales não querem surpresas
O Grupo B ainda não tem nada decidido | Foto: Site Oficial Euro 2016

As posições ocupadas por cada equipa no grupo B ficarão definidas esta segunda-feira, após o jogo da última jornada da fase de grupos. Ainda com tudo por decidir, a Rússia disputará três pontos com o País de Gales, enquanto que a Eslováquia terá pela frente a seleção inglesa. 

Inglaterra e País de Gales não querem surpresas

As comitivas de Wayne Rooney e Gareth Bale seguem, à entrada para os últimos dois jogos do grupo, nos dois primeiros lugares da tabela classificativa, mas sem o apuramento garantido. 

A Inglaterra, com 4 pontos, segue no primeiro posto, seguida dos galeses e dos eslovacos, ambos com 3 pontos e apenas separados pelo confronto directo, onde a formação de Chris Coleman levou a melhor, vencendo por 2-1.

Em último lugar, mas ainda com uma remota possibilidade de seguir em frente - teria de vencer o seu jogo e esperar que a Inglaterra não perdesse pontos com a Eslováquia -, está a Rússia, que conta apenas com um empate, precisamente diante dos ingleses.

Neste sentido, e embora qualquer cenário seja, ainda, possível de se verificar, as duas equipas que se encontram, à partida, numa posição naturalmente mais favorável e que apenas dependem de si para seguirem diretamente para os oitavos de final são, precisamente, as que atualmente se encontram nesses lugares. 

Bale, a esperança galesa

Para antever mais uma jornada do grupo B é impossível não falar da performance de Bale. Trata-se da maior estrela do País de Gales e é sobretudo nele que se apoia o sonho de uma nação: marcou 7 dos 11 golos concretizados pelo seu país na fase de apuramento - sendo, por isso, o principal responsável pela caminhada da sua seleção à primeira fase final de um Campeonato da Europa da sua história - e, na fase de grupos, já fez o gosto ao pé por duas vezes.

Neste sentido, tendo em conta a possibilidade que o País de Gales tem de continuar a fazer história, o bom desempenho da equipa nos dois jogos já disputados e estando Bale em grande forma, a possibilidade do País de Gales seguir em frente ganha ainda mais força, relegando a Eslováquia e a Rússia para um segundo plano, ainda que este seja, obviamente, possível de ser contrariado.

No entanto, sendo fácil apontar estas seleções como candidatas a seguir diretamente em frente (recorde-se que os 4 melhores terceiros lugares também avançam para os oitavos), qualquer prognóstico que seja traçado num grupo tão imprevisível e equilibrado quanto este corre o risco de sair tremendamente falhado, pelo que o melhor será aguardar para ver as opções de cada técnico e a forma como cada equipa entrará em campo esta segunda-feira - algo que poderá acompanhar aqui, em Vavel Portugal.