Portas vão-se fechando: Islam Slimani desespera por transferência

O ponta-de-lança argelino recebeu a promessa de que não seria retido em Alvalade caso surgissem propostas pertinentes pelo seu passe, mas, a três semanas do fecho da janela de transferências, o atacante vê o seu processo arrastar-se indefinidamente, com a aparente indiferença da direcção do Sporting.

Portas vão-se fechando: Islam Slimani desespera por transferência
Foto: Reuters

O mês de Agosto será decisivo para a definição do futuro do argelino Islam Slimani: o atleta de 28 anos encontra-se numa fase da carreira em que o seu desejo prioritário passa por rubricar um contrato superior numa liga europeia de renome, ao passo que o clube detentor do seu passe, o Sporting, não vê com bons olhos um cenário de venda que não atinja os 30 milhões de euros. O distanciamento entre as vontades das duas partes criou um impasse que está prestes a conduzir a um ponto de ruptura.

Slimani espera que direcção cumpra promessa de Verão

O jogador, que é tido como elemento indispensável pela equipa técnica liderada por Jorge Jesus, renovou contrato com os Leões no passado Verão (até 2020) e, por isso, encontra-se com pouca margem negocial para forçar uma saída de Alvalade. Apesar desse facto, que pende a favor do Sporting, o internacional argelino continua a fazer fé na promessa directiva feita aquando da renovação: a direcção leonina assentiu ao desejo de saída do jogador, e, em Agosto de 2015, prometeu ser sensível à intenção do ponta-de-lança em transferir-se para outras paragens.

Sporting entende que propostas pelo jogador têm sido baixas

Assim, Islam Slimani espera e desespera por uma resolução que passe pela sua transferência, de preferência para a Premier League, campeonato a partir do qual têm surgido várias propostas pelo passe do argelino de 28 anos. A acentuar a impaciência do jogador está a postura negocial do Sporting, baseada, até agora, na premissa de que o jogador não sairá de Alvalade mediante propostas abaixo dos 30 milhões de euros. Por seu turno, o clube tenta gerir a situação com pinças, dado o peso e valia do jogador dentro do plantel leonino.

Sem Teo, Spalvis nem Barcos, 'dossier Slimani' torna-se ainda mais delicado

Slimani tem sido sinónimo de golo em Alvalade, e a sua importância no onze do Sporting é indubitável: o atleta marcou 31 golos na temporada passada, fazendo as delícias dos adeptos mas também do treinador, que encara Slimani como um peça a não perder para a temporada 2016/2017. O 'dossier Slimani' torna-se ainda mais delicado tendo em conta a debandada de avançados de Alvalade: Teo Gutiérrez foi cedido ao Rosario Central, enquanto Hernán Barcos rumará ao Vélez Sarsfield no dia 14 de Agosto (Spalvis encontra-se lesionado).