Ronaldo, Patrício e Pepe candidatos à Bola de Ouro 2016

A prestigiada revista France Football divulgou hoje os trinta jogadores candidatos à Bola de Ouro. Ao longo desta segunda-feira, a France Football foi divulgando a lista de candidatos ao prestigiado prémio. Neste rol estão os portugueses Rui Patrício, Pepe e Cristiano Ronaldo; este último procura assim a sua quarta Bola de Ouro, algo que, a acontecer o aproximará de Leo Messi. O avançado argentino conta já com cinco troféus.

Ronaldo, Patrício e Pepe candidatos à Bola de Ouro 2016
Ronaldo, Patrício e Pepe candidatos à Bola de Ouro 2016

Em vez de anunciar por completo a lista de jogadores concorrentes à Bola de Ouro de 2016, a France Football decidiu dividir essa mesma lista em grupos de cinco jogadores, agrupados por ordem alfabética, e divulgados ao longo do dia.

Assim, o primeiro grupo de candidatos incluiu Sergio Agüero, Pierre-Emerick Aubameyang, Gareth Bale, Gianluigi Buffon e o português Cristiano Ronaldo.

Ballon d'or
Foto: francefootball.fr


Poucas horas depois foi a vez de do anúncio de novo grupo de candidatos, desta vez composto por Kevin De Bruyne, Paulo Dybala, Diego Godín, Antoine Griezmann e Gonzalo Higuaín.

(L'Equipe)
Foto: francefootball.fr

O terceiro grupo não tardou, trazendo com ele mais um rol de candidatos de peso. São eles Zlatan Ibrahimovic, Andrés Iniesta, Koke, Toni Kroos e Robert Lewandowski.

Foto: francefootball.fr
Foto: francefootball.fr

Para o final da tarde estavam reservados os restates "grupos". Hugo Lloris, Riyad Mahrez, Messi, Modric e Thomas Müller foram anunciados na quarta leva. 

(L'Equipe)
Foto: francefootball.fr

Poucos minutos passaram até que novo conjunto de candidatos fosse divulgado. Desta vez foi a vez de Manuel Neuer, Neymar, Dimitri Payet, Pepe e Pogba. Depois de Ronaldo, o central Pepe foi o segundo português a fazer parte desta ilustre lista.

Foto: francefootball.fr

Para terminar a lista foram ainda anúnciados Rui Patrício, Sergio Ramos, Luís Suarez, Jamie Vardy e o chileno Arturo Vidal.

(L'Equipe)
Foto: francefootball.fr

Depois de anos de parceria com a FIFA, a revista France Football volta a atribuir este prémio de forma independente, não sendo assim pedidos os votos de capitães e seleccionadores nacionais.

Futebol Internacional