Ibrahimovic, o fim de uma lenda?

Zlatan Ibrahimoic sofreu uma grave lesão no joelho direito no jogo contra o Anderlecht, a contar para a Liga Europa, e o seu futuro tem muitos pontos de interrogação.

Ibrahimovic, o fim de uma lenda?
Zlatan Ibrahimovic é um ídolo da sua geração // Fonte: Daily Mail

“Com que então pensam que eu estou acabado? Pensam que a minha carreira vai acabar brevemente? Tive que lutar toda a minha vida! Ninguém acreditou em mim, por isso que acreditar em mim próprio! Depois de tudo o que passei, acham que eu estou acabado? Só vos digo uma coisa: eu não sou como vocês, porque eu não sou vocês, eu sou Zlatan Ibrahimovic!”

Estas frases fazem parte de um vídeo promocional e foram proferidas por Zlatan Ibrahimovic no seu último ano como jogador do PSG. Estas palavras adequam-se muito a este momento difícil que o sueco, que contraiu uma grave lesão no seu joelho direito. Esta lesão obriga a uma paragem de cerca de 9 meses, daí se estar a por a questão: será que a carreira de um dos melhores ponta de lança da história acabou naquele jogo contra o Anderlecht?

Zlatan Ibrahimovic utilizou a sua conta do Instagram para descansar os adeptos de futebol dizendo: «Eu irei ultrapassar isto tal como tudo e voltarei mais forte. Eu é que sei quando é altura para parar. Desistir não é uma opção».

Já toda a gente sabe da história de Zlatan (se não sabem, deviam), Malmo, Ajax, Juventus, Inter, Barcelona, Milan, PSG, Manchester United por isso vamos falar de umas declarações que Zaltan fez há pouco tempo. Essas declarações puseram um sorriso na cara de todos os jornalistas, mas a verdade é que o que o sueco está a mostrar nestes últimos anos «corroboram» essa ideia. Zlatan disse:

«Eu sou o Benjamin Button do futebol!»

«Eu nasci velho e vou morrer jovem!» É esta a confiança que coloca Zlatan Ibrahimovic no patamar onde está, de que para ele, quando entra em campo, é ele e mais 21, é ele o melhor, é ele que vai decidir! E a confiança sempre foi um fator na carreira de Zlatan. O seu ego é tão grande como o seu talento, mas se não fosse assim, Zlatan não seria Zlatan.

«Não me movimento como dantes, mas a cada ano fico mais inteligente.» O sueco nunca foi um jogador que corresse muito para trás, mas quando a bola chegava aos seus pés, fazia toda a diferença, e isso continua a acontecer. A cada ano que passa, Ibrahimovic marca cada vez mais golos, envolve cada vez mais os seus colegas no ataque, e por isso é que foi sempre campeão todos os anos que esteve em Paris. Porque a sua experiência deu àquela equipa o que faltava – um líder.

«Cada vez fico melhor.» Vamos falar sobre números. Zlatan tem 35 anos, vai fazer 36 em Outubro, joga futebol profissional desde os seus 18 anos. Antes de atingir os 30 anos, Ibrahimovic marcou 232 golos, depois de fazer os 30 já leva 250 e está a contar. É incrível como um jogador consegue ter o seu auge a partir dos 30 anos, e é por isso que Zlatan é especial.

Esperemos que o sueco não se retire, que, como diz, regresse ainda mais forte, porque ele sabe mais do que ninguém que ainda tem muito para dar ao futebol. Mas não é só dentro de campo que o sueco faz a diferença.

805 milhões de nomes

Zlatan Ibrahimovic sempre foi um homem de bem, que ajuda os outros. A campanha em que o sueco foi protagonista e mais me marcou foi esta, por parte do World Food Programme.

Zlatan tatuou no seu corpo o nome de 50 das 805 milhões de pessoas que passam fome no mundo. Num jogo contra o Caen, em 2015, o sueco marcou um golo aos dois minutos de jogo, tirou a camisola e as pessoas ficaram estupefactas a olharem para o corpo de Zlatan. Aquele ato ajudou milhões e milhões de pessoas, com donativos monetários à instituição, com comida a ser angariada para dar a essas pessoas. Este vídeo tem mais de 6,5 milhões de visualizações e foi das campanhas mais produtivas do programa.

Zlatan é uma das principais personagens desta história que é o futebol. História que move milhões e faz com que os corações desses milhões batam mais rápido. Não merece que a sua carreira acabe assim, e nós, conhecendo o homem que é Zlatan, sabemos que o sueco vai fazer de tudo para que a camisola 9 do Manchester United na próxima época tenha escrito Ibrahimovic nas costas.