Antevisão da 5ª jornada da UEFA Champions League

Está de volta a competição milionária. A quinta jornada da UEFA Champions League vai ter um calendário decisivo para fechar as contas da primeira fase da prova. Esta terça-feira entram em campo as equipas dos grupos E, F, G e H.

Antevisão
da 5ª jornada da UEFA Champions League
Encontros marcados para as 17:00h e 19:45h // Fonte: footyheadlines.com

      Os russos do Spartak Moscovo recebem os eslovenos do Maribor, estes que se encontram no último lugar do grupo com apenas 1 ponto. A equipa russa ainda tem motivos para discutir um lugar no lote dos Oitavos de Final da prova, com 5 pontos, atrás do segundo classificado, o Sevilha. A equipa espanhola recebe os Reds que também querem resolver a passagem à fase seguinte. Ocupam o primeiro lugar do grupo e precisam apenas de 1 ponto para garantir o passaporte para os 16. O grupo E está em aberto e mesmo o Maribor pode sonhar ainda com um lugar nos dois primeiros. O primeiro jogo entre as duas equipas terminou empatado 1-1. Sevilla e Liverpool, 1° e 2° classificados também medem forças. Os ingleses não vão poder contar com Clyne e Lallana. Separados por um ponto, estão ambos a uma vitória de carimbar a passagem para a fase seguinte. Espera-se uma grande partida.

     No grupo F, as contas parecem estar praticamente resolvidas. Os citizens, já qualificados, com 12 pontos em 4 jogos recebem o Feyenoord, com 0 pontos. A equipa de Guardiola irá tentar assegurar o primeiro lugar do grupo no jogo de amanhã. Já os holandeses, com os dois pés praticamente fora da prova tentam ainda lutar por um lugar na Liga Europa, à espera que os Napolitanos escorreguem em casa diante do Shakhtar, de Paulo Fonseca, que precisam apenas de um empate para assegurar pelo menos o segundo lugar do grupo. Nápoles é a grande surpresa do grupo mas pela negativa e é uma das grandes desilusões desta fase de grupos. No entanto, ainda está na luta pela passagem, mas precisa de vencer os dois jogos que faltam.

   O grupo G, tomado antes do início da competição como o grupo mais equilibrado tem dado provas disso. As 4 equipas que constituem o grupo parecem querer guardar a matemática do mesmo para o fim. O  líder do grupo Besiktas defronta o segundo classificado na Arena Vodafone, e a um ponto do apuramento querem decidi-lo em casa. Mas os dragões, apesar da derrota com os turcos no primeiro encontro não podem perder mais pontos se querem marcar presença na fase seguinte da competição. Sérgio Conceição reconhece a qualidade do adversário e esclarece que para ganhar o jogo, a equipa tem de ‘saber defender para atacar bem’. Soares está de fora para esta partida e Otávio é duvida. Ainda no grupo, o Mónaco tem a oportunidade de atacar esta classificação e assustar o 3°, RB Leipzig. A equipa orientada pelo português Leonardo Jardim tem feito uma participação bastante aquém do que fez o ano passado, alcançando as meias finais da prova. O Leipzig, ainda assim, sonha continua a sonhar com a continuação na prova, tentando alcançar o feito inédito dos oitavos de final, na sua primeira participação na UCL. Somente 4 pontos separam o ultimo do segundo lugar do grupo e o futebol ofensivo que estas equipas ostentam ainda poderá trazer muitas mudanças até ao desfecho do mesmo.

    O grupo H, com Tottenham, Real Madrid, Borussia Dortmund e APOEL, é possivelmente o grupo das maiores surpresas. É de salientar os já apurados Spurs, com 10 pontos e sem qualquer derrota até ao momento, e ainda, o quase eliminado e grande deceção desta edição da Champions, Borussia Dortmund. O seu 3° lugar no grupo e 5° classificado na Bundesliga espelham uma equipa, que apesar de apresentar uma linha de ataque forte, sofre muitos golos esta temporada. O boletim clínico da equipa tem sido igualmente um dos grandes fatores desta decadência. Durm, Piszczek, Rode e Marcos Reus são apenas algumas das baixas do plantel. Contudo, os alemães, a jogar em casa, ainda creem ter uma palavra a dizer nesta competição, mas já não dependem só de si. Mauricio Pochettino garante que a sua equipa vai tentar trazer os 3 pontos para casa e consolidar a liderança, terminando como 1° lugar, à frente do ‘ferido’ Real Madrid. Os merengues estão longe de estar a passar a sua melhor fase. Após o empate a zero no reduto do Atlético Madrid, a equipa vai a Chipre na tentativa de sair da ressaca de maus resultados e fracas exibições, e seguem à procura da vitória, que lhes dará o apuramento. O APOEL, que ainda não conseguiu ganhar na prova vai a jogo na tentativa de travar ou adiar o apuramento da equipa merengue, ainda com a Liga Europa na mesa.