Clássico de estreias decisivas: Gonçalo Paciência vs Rafael Leão

Futebol Clube do Porto e Sporting Clube de Portugal voltaram a medir forças, desta vez a contar para a 25ª jornada da Liga NOS.

Clássico de estreias decisivas: Gonçalo Paciência vs Rafael Leão
Clássico de estreias decisivas: Gonçalo Paciência vs Rafael Leão

 

Realizou-se ontem, no estádio do Dragão, o 4º encontro entre Dragões e Leões esta temporada, jogo este que acabou com uma vitória do Futebol Clube do Porto por 2-1, com golos de Ivan Marcano (28) e Yacine Brahimi (49) para os Dragões e Rafael Leão (45+1) para os Leões.

A primeira surpresa da noite surgiu depois de serem conhecidos os 11 iniciais escolhidos pelos respetivos treinadores, percebendo-se desde então que a titularidade do ataque portista iria pertencer a Gonçalo Paciência pela primeira vez esta temporada.

A outra grande revelação da noite surgiu um pouco mais tarde, uma substituição forçada que acabara por dar frutos na partida. Doumbia contraiu uma lesão no músculo da perna esquerda cedendo assim o lugar a Rafael Leão.

Vamos agora conhecer os protagonistas deste encontro.

 Do lado da equipa da casa.

Gonçalo Mendes Paciência, conhecido como Gonçalo Paciência, avançado de 23 anos é um rosto de sucesso da formação do Futebol Clube Porto, na qual cumpriu todo o percurso até à sua estreia como sénior.

Gonçalo foi concluindo com distinção todas as etapas, do Campo da Constituição até à passagem, por uma época, no Padroense.

Na época 2013/2014, marcou 5 golos em 19 jogos e, na época seguinte, foi um dos destaques da equipa B, com 18 jogos e 9 golos, tendo por isso merecido várias chamadas à equipa principal. Posteriormente, no ano de 2015, estreou-se a marcar pela formação principal do Futebol Clube do Porto.

O próximo passo passava por ganhar experiência e ocorreram os empréstimos à Académica de Coimbra, Olympiacos, Rio Ave e Vitória de Setúbal. Foi o período passado na equipa Sadina que se revelou mais rentável.  Em 25 jogos, o jovem marcou 11 golos e fez 6 assistências. Numa equipa que lutava pela permanência na primeira liga, o jovem aprendeu a usar as suas grandes armas e a tornar-se mais eficaz,merecendo assim a estreia pela equipa A da Seleção Portuguesa. 

Foi todo este percurso e evolução que valeu a Gonçalo Paciência, em janeiro do presente ano, o passaporte para regressar a casa.

Gonçalo Paciência é conhecido por possuir uma grande capacidade técnica e um incrível poder físico. Estas são caraterísticas que lhe permitem ganhar vantagem em pequenos espaços.

Agora do lado da equipa visitante.

Rafael Alexandre da Conceição Leão, conhecido como Rafael Leão de apenas 18 anos, é um jogador da equipa B do Sporting Clube de Portugal. Todo o percurso desta recente revelação da equipa leonina tem sido feito em torno das equipas das camadas jovens do Sporting.

O seu percurso na Seleção Nacional iniciou no ano de 2014, ao serviço dos Sub-16, tendo já passado pelos Sub-17, Sub-18, Sub-19, Sub-20 e atualmente está ao serviço da Seleção de Sub-21, treinada por Rui Jorge.

O jovem não só é dono de uma qualidade de remate incrível como também possui uma força física que vai muito para alem da sua idade. Outro fator que identifica a qualidade deste jovem é a sua capacidade de desmarcação e sobreposição ao adversário.

A garra e persistência de Rafael Leão trouxeram uma chamada á equipa principal do Sporting em julho de 2017. Acredita-se que o próximo grande passo da carreira deste jovem possa ser a chamada á equipa principal da Seleção Portuguesa; que está atualmente aos comandos do técnico Fernando Santos.

Estamos perante dois jovens que não deixam dúvidas pela sua qualidade individual e ambos acabaram por fazer a diferença no jogo de ontem.

Rafael Leão mantinha aceso o sonho da luta pelo titulo nacional por parte do Sporting ao empatar a partida antes do intervalo e Gonçalo Paciência ao assistir Brahimi que acabara assim por desbloquear o empate no Dragão fazendo o 2-1 no marcador, alargando assim a vantagem do Porto sobre o Sporting para 8 pontos na tabela classificativa.