Manuel Fernandes: Uma oportunidade única

Manuel Fernandes sente que o Mundial da Rússia é a “grande oportunidade” de representar a seleção das Quinas. O jogador atravessa um dos melhores momentos da carreira.

Manuel Fernandes: Uma oportunidade única
Esta pode ser a última oportunidade de estar presente numa grande competição. // Fonte: zerozero

           O jogador ex-Benfica, Valência e Besiktas foi novamente chamado à seleção de Portugal para os particulares frente a Holanda e Egipto. O médio vai tentar aproveitar estas duas ocasiões para convencer o selecionador que merece um lugar no Mundial deste verão, depois de estar a realizar uma das melhores (se não mesmo a melhor) época da carreira.

            Na presente temporada, o internacional A por 11 vezes já jogou qualquer coisa como 2982 minutos com a camisola do Lokomotiv de Moscovo, somando 13 golos pela equipa russa. Ao nível da seleção, Manuel Fernandes foi chamado para uma dupla-jornada em novembro, frente aos Estados Unidos e Arábia Saudita, tendo participado em ambos os jogos, contabilizando 144 minutos e marcando um golo.

            «Acredito que será uma convocatória que se irá aproximar da lista final. (…) Não sei se é a minha última hipótese de representar Portugal numa competição desta dimensão, mas sinto que é a minha grande oportunidade. Temos muita qualidade e variedade. Alguns (jogadores), infelizmente, não estão ao nível que poderiam estar, mas a verdade é que existem muitas opções. (…) Bruno Fernandes está a fazer uma época muito boa, encontra-se em grande forma. Bernardo Silva tem melhorado bastante e está a mostrar no Manchester City a qualidade que tem», disse o médio um dia antes de saber da sua convocatória para os dois particulares.

            Atuando, maioritariamente, pelas alas no Lokomotiv de Moscovo, jogando por vezes em 4-4-1-1 ou 4-4-2, na seleção o cenário é um pouco diferente. Apesar de ser um jogador polivalente, podendo atuar em quase todas as posições do meio-campo, este setor é talvez o mais “concorrido” da equipa das Quinas, havendo opções como João Moutinho, André Gomes, Bruno Fernandes, o próprio Manuel Fernandes e Adrien Silva. Por isso, todos os jogadores terão de se apresentar ao seu melhor nível para ganhar a confiança e um lugar entre os 23 convocados de Fernando Santos.