Danilo Pereira falha Rússia e complica as contas do título nacional

O internacional Português sofreu uma recaída e como consequência, ficará ausente dos relvados durante aproximadamente 10 meses.

Danilo Pereira falha Rússia e complica as contas do título
nacional
Danilo Pereira falha Rússia e complica as contas do título nacional

Danilo Luís Hélio Pereira, mais conhecido como Danilo Pereira, de 26 anos, é atualmente jogador do Futebol Clube do Porto e da equipa A da Seleção Portuguesa.

Depois de ter passado por clubes como o Arsenal, o Estoril, o Parma de Itália, Danilo tentou em vão a sua sorte no futebol grego e holandês, acabando por terminar a sua formação no Sport Lisboa e Benfica, de onde foi dispensado.

 O médio português, chegou ao clube da cidade invicta no mercado de verão da época de 2015 e desde cedo deixou a sua marca, tendo sido eleito como um dos jogadores revelação dessa mesma época.

Danilo Pereira não só é dono de um incrível poder físico, capaz de destruir a construção do ataque rival, como também é portador de uma grande inteligência posicional que lhe permite sobrepor-se ao adversário, construir jogadas e instalar o perigo no meio campo adversário.

 O jovem é conhecido por possuir pontaria certeira seja em lances de bola parada ou remates de meia distância, em que é igualmente bom. São qualidades que justificam claramente o facto de ser uma aposta permanente no meio campo azul e branco.

Danilo veio trazer ao Dragão a estabilidade, contando já com quase 100 jogos de dragão ao peito.

Foram todos estas particularidades que lhe renderam múltiplas vezes as chamadas ás seleções nacionais, primeiramente á seleção de sub-18 e mais recentemente, carimbou o lugar cativo no meio campo da seleção A de Portugal, com a qual se sagrou Campeão Europeu no ano de 2016.

Com tudo, a presente época não tem sido de todo, feliz para o médio português.

Primeiramente, no jogo da Final Ford da Taça da Liga, devido a uma rotura muscular nos gémeos, abandonou o relvado aos 11 minutos, mais tarde haviam sido confirmadas no mínimo 4 semanas de recuperação, o que deixava o Futebol Clube do Porto com pouca firmeza no meio campo.

Ao fim de 2 meses a lesão foi dada como regularizada e o jovem internacional Português regressou á lista de convocados de Sérgio Conceição. Danilo deslocou-se com a restante comitiva portista até ao Restelo.  Assistiu á primeira parte da partida no banco de suplentes, mas aos 72 minutos acabara por entrar e substituir o estreante Osório, assumindo novamente o controle do meio campo azul e branco, imediatamente depois do Belenenses ter aumentado a vantagem para 2-0 no marcador.

Após ter jogado os últimos 18 minutos da partida em Belém, Danilo comunicou á equipa médica que sentiu um desconforto no pé esquerdo. Aquando averiguada a situação, os dragões comunicaram que se tratava de uma rotura parcial no tendão de Aquiles do pé esquerdo, que obrigará o médio a mais uma paragem, desta vez de cerca de dez meses o que impedirá o médio de integrar a lista de convocados de Fernando Santos.

 

 Danilo Pereiro será submetido a uma intervenção cirúrgica e o seu regresso aos relvados está marcado somente para a próxima época, tornando escassas as soluções para o Dragão e para o Mundial de 2018 que decorrerá na Rússia.