Sérgio Conceição: «Este jogo não foge à regra. Temos que trabalhar sobre aquilo que têm sido os nossos princípios.»

Sérgio Conceição fez este sábado, no Centro de estágios do Olival,  a conferência de imprensa que antecede a deslocação à Madeira, a contar para a 32ª jornada da liga NOS.

Sérgio Conceição: «Este jogo não foge à regra. Temos que
trabalhar sobre aquilo que têm sido os nossos princípios.»
Sérgio Conceição: «Este jogo não foge à regra. Temos que trabalhar sobre aquilo que têm sido os nossos princípios.»

Depois de uma vitória em casa por 5-1 frente ao Vitória de Setúbal é altura de virar a página e encarar esta que é a penúltima deslocação dos dragões, que para Sérgio Conceição, será encarada por todos, «como outra qualquer».

«Estamos a encarar o jogo da mesma forma que encaramos os outros jogos, estamos a prepará-lo da melhor forma para chegar a esta reta final dentro daquilo que são as dificuldades dos diferentes jogos que vamos ter pela frente nas suas características, estamos bem e podemos ganhar o jogo, este jogo não foge à regra, foi preparado com esse intuito.»

Numa semana que tem sido marcada por uma eventual denuncia anónima de suborno por parte do Futebol clube do Porto ao guarde redes do Marítimo, Sérgio Conceição foi questionado sobre o assunto, mas garantiu que não iria dar importância.

«Eu já falei sobre isso numa outra situação, não vou voltar a falar porque estaria a dar importância a uma situação que não tem importância nenhuma, não vale a pena.»

«Estas situações são como a história "O Pedro e o lobo". Já ninguém acredita. Mas não quero falar muito sobre isso. Depois posso dizer alguma coisa que amanhã dê grandes títulos. Quero que na comunicação social saia que o FC Porto se preocupa com o jogo com o Marítimo», acrescentou.

«Estamos extremamente focados naquilo que temos de fazer dentro de campo que é o mais importante, naquilo que tem de ser o nosso trabalho durante à semana, naquilo que é a estratégia planeada, que está definida para ultrapassar um adversário muito difícil que é o Marítimo, isso é que nós damos importância e falamos dentro do balneário, estamos muito focados para dentro», garante.

Sobre o boletim clínico do Porto, Sérgio Conceição garantiu as disponibilidades de Moussa Marega e Ricardo Pereira.

«O Aboubakar esteve mais condicionado esta semana, vamos ver. O Ricardo e o Marega, assim como o resto da equipa, excetuando o Danilo e o Dalot estão disponíveis»

Como tem sido hábito, ainda houve tempo para uma questão acerca da vantagem de 2 pontos que o Futebol Clube do Porto possui na tabela classificativa face ao rival Benfica, questão que mais uma vez o treinador da equipa da cidade invicta procurou desvalorizar.

«Ninguém prepara os jogos para empatar. Temos de continuar a ser uma equipa forte, muito coesa, compacta, com dinâmica forte em termos ofensivos, com grande humildade. Temos de trabalhar sobre o que têm sido os nossos princípios. Não podemos dizer que este jogo é mais decisivo se depois perdermos os outros dois. Queremos ganhar e fazer os nove pontos que faltam. Queremos ganhar este próximo, que nos apresenta dificuldades diferentes das do jogo a seguir, que vamos ter em casa. Não se podem jogar dois e três jogos ao mesmo tempo. Tem de se jogar um jogo. E esse é o jogo da Madeira», conclui.

 

Marítimo e Futebol Clube do Porto entram em campo para medir forças este Domingo, o encontro está marcado para as 18h00 no estádio dos Barreiros.