Rússia 2018: Brasil

Depois da eliminação no mundial de 2014 que ficará durante muito tempo na memória do povo brasileiro, o Brasil apresenta-se na Rússia como sério candidato a chegar ao sexto Mundial.

Rússia 2018: Brasil
Rússia 2018: Brasil

Podemos considerar a presença do Brasil praticamente obrigatória no Campeonato do Mundo. É a única seleção que esteve presente em todas as edições. Foram a segunda seleção a reservar lugar no Mundial deste ano. Fizeram-no em Março de 2017, a 4 jornadas do fim das eliminatórias sul-americanas.

A seleção canarinha é comandada por Tite que tem um bom palmarés como treinador de clubes brasileiros. O selecionador não tem mais de 20 jogos no comando da seleção brasileira mas em pouco tempo consegui recuperar uma seleção devastada pela eliminação em casa, frente à Alemanha em 2014. O Brasil volta a apresentar-se como uma das seleções favoritas à vitória, aquela que pode ser a sexta na história da canarinha.

Grande parte das esperanças do povo brasileiro estão depositadas em Neymar. O jogador do PSG é sem dúvida a referência da equipa e os bons resultados do Brasil estarão certamente dependentes do rendimento do camisola 10. Neymar esteve parado durante vários meses e regressou esta semana no amigável contra a Croácia. O craque brasileiro fez uma boa exibição e marcou um golo.

A falta de qualidade do banco brasileiro parece ser o ponto fraco apontado à equipa. Willian e Firmino são os substitutos que têm a confiança total do selecionador. Desta forma, será importante que jogadores como Casemiro, Paulinho, Coutinho e Gabriel Jesus estejam em boa forma.

Paulinho é um jogador de confiança para Tite e que está a viver o melhor momento da sua carreira aos 29 anos. O seu rendimento no FC Barcelona tem sido muito positivo e é uma peça importante na seleção brasileira.

Também Gabriel Jesus é um jogador a ter em conta. O jovem ponta-de-lança do Manchester City é o 9 que o Brasil tem vindo a procurar intensamente nos últimos anos (era a posição considerada o tendão de Aquiles da equipa). No entanto o jovem brasileiro tem vindo a ser peça importante na sua equipa, marcando golos e espera aportar as mesmas vantagens à seleção.

Os convocados para o Mundial são os seguintes:

Guarda-Redes: Alisson; Ederson; Cássio

Defesas: Danilo; Geromel; Filipe Luís; Marcelo; Marquinhos; Miranda; Fágner; Thiago Silva

Centro-campistas: Casemiro; Fernandinho; Fred; Paulinho; Philippe Coutinho; Renato Augusto; Willian

Avançados: Douglas Costa; Roberto Firmino; Gabriel Jesus; Neymar; Taison