Sporting x Rio Ave: Errar é proibido, pontos obrigatórios

O Sporting recebe esta segunda-feira o Rio Ave em partida relativa á 21ª jornada da Liga NOS. Depois da vitória do Benfica e derrota do FC Porto, chega agora a vez dos leões perante um adversário que luta pela Europa. Em vésperas de clássico entre os rivais, a equipa de Alvalade pretende ver de cima o desafio entre águias e dragões, de forma a poder tirar o máximo partido dessa partida.

Sporting x Rio Ave: Errar é proibido, pontos obrigatórios
Sporting procura a vitória para regressar à liderança

Curto mas trabalhoso

Está aí o mês de Fevereiro e, apesar de ser o mês mais curto do calendário, será um dos mais intensos para o Sporting. Em 21 dias, os leões terão seis desafios entre campeonato e Liga Europa. Assim, e ao entrar no segundo mês do ano, antevê-se muito trabalho para Jorge Jesus e seus pares. Veremos qual o peso que o técnico leonino dá às competições europeias, agora na fase a eliminar, e numa altura em que a equipa de Alvalade tem margem de erro nula na defesa da liderança do campeonato.

Mas antes disso tudo, Jesus só terá cabeça para o Rio Ave, uma equipa com a qual o treinador português já se encontrou um sem-número de vezes, e que está em clara disputa pelos lugares europeus. Como não podia deixar de ser, apenas a vitória interessa para o Sporting, um triunfo que permitirá aos leões assistirem ao clássico entre Benfica e FC Porto na liderança da tabela. Já um triunfo do Rio Ave catapultaria os vila-condenses para zona europeia.

Dificuldade crescente

Atentando ao histórico de confrontos entre Sporting e Rio Ave em Alvalade, uma rápida observação levar-nos-á a concluir que os leões são reis e senhores quando recebem os vila-condenses (17 vitórias em 23 partidas). Apesar dos números não mentirem, a verdade é que recentemente o Rio Ave tem vindo a colocar mais problemas ao Sporting quando visita o seu reduto. Com efeito, apenas na época passada os leões voltaram a vencer os rio-avistas em casa, isto depois de uma derrota e um empate nas duas épocas anteriores. Apesar do triunfo por 4-2, com golos de Nani, Montero, João Mário e Tanaka, o Sporting não se livrou de alguns sustos por parte dos forasteiros.

Foto: Facebook oficial do Sporting CP
Foto: Facebook oficial do Sporting CP

Em 2013/2014 a equipa de Vila do Conde saiu de Alvalade com um empate a um golo, enquanto que em 2012/2013, obteve mesmo um triunfo por 0-1, graças a um golo de Edimar.

Graças um sustentado crescimento, o Rio Ave é hoje uma equipa sinónimo de qualidade e competência. Longe vão os tempos em que a equipa de Vila do Conde se atemorizava perante adversários de maior monta; o estatuto actual dos rio-avistas permite-lhes jogar olhos nos olhos contra qualquer adversário do nosso futebol, seja fora ou em casa. Assim, e depois de já ter ido buscar pontos ao Dragão, a equipa de Pedro Martins quer repetir a proeza, desta vez em Alvalade.

Pressão de quem lidera

Apesar de ter o segundo classificado a dois pontos de distância, Jorge Jesus não acusa a pressão. Pelo contrário, o técnico leonino abraça-a como sendo algo positivo e inerente a quem está em primeiro lugar.

«A pressão para nós é muito boa e tomara que seja sempre assim, porque é sinal que estamos em primeiro. Espero que seja sempre assim. Não olho para os nossos rivais, olho para minha equipa e para as pessoas da minha equipa. Quando começou todos tínhamos os mesmos pontos e para estarmos à frente alguém perdeu pontos para nós.».

Quanto ao adversário desta jornada, Jesus elogia o Rio Ave, defendendo que, para levar de vencida os vila-condenses, a sua equipa tem de estar num dia bom.

«O nosso adversário é uma das melhores equipas do campeonato. O Rio Ave está bem trabalhado do ponto de vista tático e tem o mesmo treinador há alguns anos. É também uma das equipas que já defrontei mais vezes e sabemos da sua valia. Será um jogo complicado, como vão ser todos os jogos. O Sporting tem de estar num dia bom e acertado nos momentos do jogo.».

Para o desafio diante do Rio Ave, Jesus não pode contar com Jefferson e Naldo, enquanto que William Carvalho está ainda em dúvida. Eis a equipa provável para esta noite:

Identidade e confiança 

Apesar de antever as naturais dificuldades da visita a Alvalade, Pedro Martins mantém a ambição da sua equipa em chegar à Europa. Assim, o técnico do Rio Ave espera uma equipa fiel à sua identidade e em busca dos três pontos.

«Temos a possibilidade de conquistar três pontos e aproximarmo-nos do Vitória de Guimarães. Nada nos impede de lutar pelo objetivo. Não vamos alterar a nossa identidade e queremos conquistar pontos para continuar a caminhada até ao final da época.».

O treinador dos vila-condenses recorreu ainda à estatística para defender o bom momento da sua equipa, reforçando assim a confiança num bom resultado.

«Somos a equipa que mais golos marcou fora. Em termos de números temos também muito poucas derrotas fora e essa situaçõe dá-nos a garantir de fazer um bom jogo e proporcionar um bom espetáculo. A equipa está numa fase boa, sinto que de dia para dia estamos mais fortes. A equipa está otimista, muito confiante e tenho a certeza que estes quatro meses que faltam vão ser muito, muito positivos.».

Para a deslocação a Alvalade, Pedro Martins não pode contar com os lesionados Héldon, Lionn e Pedro Moreira. Eis o possível onze do Rio Ave:

Quando forem 19:00, o árbitro Carlos Xistra dará início à partida no Estádio de Alvalade. 

Futebol Português