«Leão» pragmático vence na Amoreira

Após a derrota em casa frente ao rival Benfica, o Sporting venceu o Estoril por 1-2, recuperando a liderança do campeonato à condição.

«Leão» pragmático vence na Amoreira
Slimani bisou e deu a vitória aos leões (Foto: observador.pt)

Na 26ª jornada da Liga Portuguesa, o Estoril recebeu em casa o Sporting. Relativamente ao último jogo das duas equipas, Fabiano Soares fez duas alterações, fazendo entrar no onze inicial Diakhité e Diogo Amado. Já Jorge Jesus realizou cinco mudanças em relação ao jogo frente ao Benfica, entrando Schelotto, Rúben Semedo, Marvin, Aquilani e Teo Gutiérrez.

O Sporting começou muito bem a partida, fazendo o primeiro golo do jogo ao minuto 6', com Schelotto a cruzar para Slimani que, depois de tirar Esiti do seu campo de visão, rematou forte para a baliza. O Estoril pouco conseguiu fazer perante uma primeira parte em que a equipa de Jorge Jesus teve sempre o controlo do jogo e protagonizou ataques e jogadas muito fortes. Ao minuto 45' o Sporting voltou a marcar novamente por Slimani, que responde da melhor maneira a um cruzamento de Bryan Ruiz.

Uma segunda parte mais equilibrada

O clube de Alvalade entrou, novamente, muito forte com Teo Gutiérrez e Ruiz a falharem o terceiro golo dos «leões». No entanto, aos poucos o Estoril foi equilibrando o jogo e Mendy teve nos pés a oportunidade de reduzir o resultado sem ter conseguido bater Rui Patrício. A partir daí, o Sporting respondeu com grandes ocasiões de golo, mas tanto Slimani como João Mário falharam a baliza. Até que ao minuto 79' o Estoril chegou ao golo Bonatini, após um desvio num pontapé de canto, só teve que encostar para a baliza leonina.

A partir desse momento, a equipa da casa procurou o empate a todo o custo tendo, no último minuto, Rui Patrício negado o golo a Morais.

Jesus e Soares consideram resultado justo

O treinador do Estoril, Fabiano Soares, deu os parabéns ao Sporting pela sua vitória, pois «eles fizeram dois golos, nós fizemos um», mostrando orgulho na sua equipa e nos seus adeptos apesar da derrota.

Do lado do Sporting, Jorge Jesus afirmou que os jogadores corresponderam ao objetivo «que era vencer», tendo a equipa feito uma «primeira parte muito forte» e na segunda parte protagonizado «várias situações para decidir o jogo».

Futebol Português